6 Dicas Efetivas (e Comprovadas) Para Fazer E-mail Marketing que Converte!

Algumas pessoas acham que o e-mail marketing está ultrapassado, mas não fazê-lo pode ser um grande erro para o seu negócio!

Mais do que nunca, esse canal serve como um contato direto com as pessoas que têm interesse na sua empresa e nos conteúdos feitos por ela.

Mas para fazê-lo da forma certa, para que os seus assinantes convertam em leads, é necessário ter um bom planejamento, analisar certinho o conteúdo do título e corpo do e-mail, selecionar as pessoas para quem você enviará e muito mais.

Por isso, o Abertura Simples preparou uma lista com seis dicas para criar e-mails memoráveis que vão fazer você conquistar muitos clientes para o seu negócio!

email marketing poderoso-min

1. Não compre lista de e-mail

Um dos piores erros que muitas empresas cometem, porém, é uma atitude perigosíssima, é comprar listas de e-mail.

Muitos trocam mailings e até comercializam esses contatos na busca por resultados imediatos, porém, imagine você, se começasse a receber e-mails não solicitados várias e várias vezes, sobre assuntos que você não tem interesse. Isso seria muito chato, certo?

>> Email SPAM: Como Evitar que Meu Email Seja Considerado SPAM? (12 Dicas Exclusivas) <<

É muito provável que sua empresa cause essa impressão ruim se não receber os e-mails certos para as pessoas certas.

Apenas para aqueles que realmente tem interesse e permitiram trocar seus e-mails por algo relacionado a sua empresa, ou seja, os leads conquistados por uma landing page ou formulário do seu negócio.

2. Observe os trends

Uma forma muito boa de fazer as pessoas clicarem no seu e-mail é falar sobre assuntos que estão em alta no momento.

Isso ajuda a ter mais engajamento, além de mostrar que você está atento às novas tendências.

A técnica de monitorar e acompanhar as redes sociais, chamada de Social Listening, é a melhor forma de identificar os trends. No Twitter, por exemplo, você pode verificar as hashtags que estão nos “trending topics” para identificar os assuntos mais comentados, e fazer um e-mail marketing sobre isso.

3. Atente-se ao layout

Assim que o usuário clicar no e-mail, a primeira coisa que irá aparecer é a estrutura. Ou seja, é necessário fazer algo atrativo que faça a pessoa se interessar de fato pelo conteúdo e até mesmo realizar uma ação, como clicar no botão para ler uma matéria, baixar um e-book ou contratar o seu serviço.

Existem algumas ferramentas que podem ajudá-lo a criar bons templates. O Mailchimp é um deles, que apresenta diversos estilos e formatos diferentes para cada plataforma, como smartphones, PCs e tablets.

O Mailee também oferece e-mails customizáveis, totalmente editáveis e responsivos.

4. Frequência certa

Muitas vezes, o menos é mais, sabia?

Muitos e-mails pode incomodar as pessoas, fazendo com que elas até ignorem ou se descadastrem da sua newsletter.

Evite mandar e-mails o tempo todo, mas também não fique no anonimato. A falta também pode gerar estranheza, por isso o ideal é criar um planejamento de frequência. Envie os e-mails apenas quando forem necessários, com conteúdos que sejam realmente relevantes para os seus leitores.

5. Foque em um bom assunto de e-mail

O convite para que o usuário clique e leia sua mensagem é justamente o assunto do e-mail.

Ele precisa ser chamativo e atraente para instigar as pessoas a realmente clicarem. Se você não fizer isso da forma certa, será muito mais difícil alguém se interessar pela mensagem.

6. Acompanhe as métricas

Você precisa observar as métricas para saber se os seus e-mails e estratégias estão dando resultado. Algumas das principais que você deve ficar atento são:

  • Taxa de Cliques – Pessoas que clicaram na mensagem em relação a quantidade de e-mails enviados.
  • Taxa de Conversão – Quantidade de pessoas que abriram e clicaram no e-mail, concluindo assim uma ação esperada.
  • Taxa de Crescimento da base – Acompanhamento do crescimento da base de contatos, tirando e-mails rejeitados e pessoas que se descadastraram das newsletters.
  • Taxa de Rejeição – E-mails que não chegaram até o contato, por erro de envio ou porque a caixa de entrada estava cheia.

Por sorte, as próprias ferramentas citadas acima possuem dados e relatórios para que você monitore esses resultados.

>> Clique Aqui e Conheça as Melhores Ferramentas de E-mail Marketing da Atualidade <<

Não pense que o e-mail marketing  não dá resultado apenas porque as pessoas não estão clicando nos seus.

É necessário acompanhar e talvez mudar a estratégia para conseguir converter os seus assinantes em leads. Pronto para fazer e-mails marketing memoráveis, interessantes e criativos? Conhece outras estratégias que podem ajudar outros profissionais?

Deixe o seu comentário abaixo e compartilhe sua ideia conosco.

Este artigo é um guestpost de autoria da empresa Abertura Simples.

Sobre o Abertura Simples: Somos o maior portal privado de abertura de empresas do Brasil. Realizamos todo o processo de abertura de empresa por você, para que não tenha preocupações. Para se tornar um empreendedor de sucesso, acesse: https://aberturasimples.com.br/abrir-empresa/

Deseja publicar o seu guestpost em nosso blog e assim aproveitar os mais de 60 mil seguidores? Leia as nossas regras e entre em contato conosco!