Como Criar um Blog Profissional em Apenas 05 Passos Simples

Então você decidiu criar um blog profissional e ganhar dinheiro com ele, certo?

Boa ideia! Essa pode ser a sua melhor decisão nesse ano. Sabe por quê?

Por que funciona. Simples assim.

Criar este blog foi a minha melhor decisão nos últimos anos, pois a maior parte da minha renda mensal advém do mesmo, e muito mais do que isso, estou transformando vidas através dos conteúdos que compartilho aqui.

Mas o que quero enfatizar no artigo de hoje é que criar um blog é fácil (qualquer pessoa com um pouco de paciência consegue), porém, criar um blog profissional não é tão fácil como muitos imaginam, Principalmente se você deseja ganhar dinheiro com o mesmo.

Portanto, no artigo de hoje você aprenderá todos os passos que devem ser seguidos para se criar um blog profissional, rentável e que pode ser sua ponte para o sucesso online.

Mas antes, gostaria de te informar que acabei de disponibilizar um curso totalmente gratuito ensinando como criar um blog extremamente profissional e de alta conversão. Para fazer sua inscrição basta clicar no link abaixo:

>>Clique Aqui Para Realizar Sua Inscrição<<

Como iniciar um blog em 05 passos

Existe cinco passos principais que você precisa seguir para criar um blog profissional. Se você seguir esses passos, te garanto que o seu projeto estará no ar em menos de 30 minutos.

Basicamente são esses:

  1. Escolha da plataforma;
  2. Escolha do domínio e hospedagem;
  3. Criação do blog;
  4. Escolha dos recursos úteis para o blog;
  5. Contratação de uma consultoria (Opcional).

Basicamente é isso que você deve fazer. Outro dia escrevi um artigo muito parecido com este mostrando como criar um site de nicho com apenas R$ 87,00, vou deixar o link aqui, talvez te ajude.

>>Ler Artigo na Integra<<

Sem mais delongas vamos para o passo 01…

Passo 01 – Escolha da Plataforma

Escolher onde você quer construir o seu blog é praticamente a primeira coisa que você precisa fazer. Eu vou assumir a premissa de que você já ouviu falar sobre o WordPress, portanto, essa será a plataforma que iremos abordar neste artigo.

Importante: estou levando em consideração que você já tenha o seu nicho de mercado definido, caso contrário, sugiro dar uma lida urgente no material abaixo:

>>Como Encontrar Um Nicho Rentável<<

Trabalhar com WordPress é uma mão na roda, pois é uma plataforma super intuitiva e de fácil entendimento. Seus plugins e temas compõem uma infinidade de possibilidades para a criação do seu blog profissional.

Existem alternativas, como por exemplo, o Drupal, Joomla e até mesmo a criação de um blog com HTML e CSS puro, porém, em minha opinião nenhuma se equipara ao WordPress (só para deixar claro, já trabalhei com todas elas).

Mesmo que o WordPress seja maior e melhor do que estes outros serviços, aqui estão os meus motivos pelos quais você deveria utilizar o WordPress:

  • Configuração super fácil e é de uso gratuito;
  • Toneladas de temas e layouts gratuitos;
  • Existem uma enorme gama de tutoriais espalhados na internet, fora o fórum de suporte do próprio WordPress;
  • Seu blog será incrivelmente rápido;
  • Infinidade de plugins para os mais variados problemas. 

Fora essa infinidade de motivos para você utilizar o WordPress, temos no mercado diversas pessoas dispostas a ajudar no processo de instalação e configuração do seu projeto.

Se você não quiser quebrar a cabeça com essa parte (eu sugiro que quebre para não depender sempre dos prestadores de serviços), você pode muito bem terceirizar esse serviço de instalação e configuração do WordPress e partir direto para o último passo deste artigo.

Porém, se você quiser realmente aprender todo o passo a passo na prática, acertando e errando será muito melhor. Pois uma vez que você aprendeu todo o processo, os outros blogs que vier a construir serão muito mais fáceis de projetar.

Tenho um vídeo no meu canal que talvez possa te ajudar nessa parte, dar uma olhada:

Dito isso, vamos ao passo 02…

Passo 02 – Escolha do domínio e hospedagem

hospedagem de sites

Registrar um domínio e contratar uma hospedagem é um processo normal para qualquer projeto que envolva o profissionalismo acima de tudo. Portanto, fuja das hospedagens e domínios gratuitos!

Para quem não tem a mínima ideia do que estou falando aqui, entenda:

  • Domínio: o domínio é basicamente a URL do seu site. Ex: wilkercosta.net, google.com e etc;
  • Hospedagem: é basicamente a empresa que coloca seu site na internet para que todos possam ver. Tudo será salvo lá.

Atualmente estou utilizando a Hostgator (tanto para o domínio quanto para a hospedagem), e não tenho do que reclamar. Inclusive esta foi a primeira empresa que aderi e permaneço na mesma até hoje.

Atualmente o registro de domínio está custando apenas R$ 45,00 anual e a hospedagem R$ 22,00 no plano P. É um valor bem baixo e que já garante o profissionalismo do seu projeto.

A maior parte das empresas de hospedagem possui um serviço de instalação do WordPress, ou seja, com apenas alguns cliques você consegue instalar esta ferramenta sem maiores dores de cabeça.

Portanto, fique a vontade para escolher a empresa de hospedagem e registro de domínio, não se prenda a minha indicação.

O importante aqui é:

Nunca, Jamais e em Hipótese alguma escolha uma hospedagem gratuita para o seu blog! 

Uma vez que você instalou o WordPress, tudo o que você precisa fazer para começar a blogar é ir para sua página de administrador e começar a escrever o seu primeiro artigo.

Mas antes disto, é preciso escolher um bom tema e instalar os plugins necessários para o seu projeto rodar perfeitamente bem.

Veremos isso no próximo passo…

Passo 03 – Criando o seu blog

gerar leads

Agora começa realmente a diversão.

Para tornar o seu blog extremamente profissional não basta apenas contratar uma empresa como a Hostgator para armazenar o mesmo.

É preciso ter um cuidado na escolha do tema e dos plugins necessários para o seu projeto funcionar adequadamente.

Em relação ao tema ou template (são a mesma coisa), é importante destacar que existem milhares gratuitos dispostos no Codex do WordPress, prontos para serem baixados e utilizados.

O problema do tema gratuito é justamente sua limitação no que tange as configurações, e principalmente no que tange o suporte oferecido pelo desenvolvedor.

Sabe por que sempre recomendo temas pagos? 

A dor de cabeça é menor ou quase nula. Ou seja, além da qualidade maior, os temas pagos possuem como diferencial o suporte oferecido pelas pessoas que desenvolveram.

Certo Wilker, quais temas você me recomenda então? 

Simples! Clica no botão abaixo e conheça os três temas que utilizo em meus projetos. Acredito que pelo menos um vai satisfazer seus anseios.

CLIQUE AQUI

Lembre-se, o design do seu blog deve refletir o assunto que irá ser tratado no mesmo. Não basta ter um tema orientado para o futebol se o seu blog é sobre surf, entendeu?

Além disso, o design assume um papel muito importante nessa pegada de profissionalismo, ou seja, as pessoas não gostam de entrar em um site confuso, difícil de entender visualmente e  principalmente de navegar.

Portanto, escolha o tema com cuidado e veja se o mesmo está alinhado com o nicho de mercado que você escolheu.

Quais plugins escolher?

Essa é uma boa pergunta e carece de uma resposta bem completa. Portanto, leia o artigo abaixo e conheça os 32 melhores plugins gratuitos para WordPress:

>>Clique Aqui Para Ler o Artigo Completo<<

Garanto que após a leitura desse material, a pergunta referida no título será sanada!

Entendido essa parte vamos para o próximo passo…

Passo 04 – Escolha dos recursos úteis para o blog

gatilho mental vai dar trabalho

Além de uma boa hospedagem, um bom template e a escolha correta dos plugins, um blog para ser considerado diferenciado, ele precisa de alguns ingredientes importantes.

Dentre esses ingredientes, podemos citar o conteúdo, o design e as ferramentas úteis que agregam valor para o seu projeto.

Vou tomar como exemplo o meu blog. Se você reparar bem, temos aqui um visual atrativo, algumas áreas que oferecem cursos e ebooks gratuitos, temos um chat online para conversar com você em tempo real, além claro, da velha e conhecida captura de e-mails para posterior trabalho de e-mail marketing.

Tudo isso em conjunto com um conteúdo de qualidade vai contribuir para o sucesso do seu blog. Portanto, tente seguir o meu modelo e veja que realmente dar muito certo.

No link abaixo você encontrará uma lista completa com todas as ferramentas que utilizo ou já utilizei aqui no blog. Guarde esse link com você e sempre que possível consulte-o para ver as possibilidades de ferramentas para o seu negócio.

>>Clique Aqui Para Conhecer as Minhas Ferramentas<< 

Dito isso, vamos para o nosso último passo…

Passo 05 – Contratação de uma Consultoria (Opcional)

gatilho mental da sinceridade

Fiz questão de frisar o “opcional” pelo simples fato de realmente ser algo opcional. Ou seja, contratar uma consultoria pode e vai (dependendo do profissional contratado) agilizar a curva de sucesso do seu projeto.

Este último passo não é obrigatório, porém, é algo que pode te ajudar bastante a entender como as engrenagens do mercado rodam.

Fiz questão de colocar esse passo aqui pelo simples fato de no meu inicio ter contratado uma consultoria e isso ter me ajudado a alavancar o meu blog.

Portanto, eu sou a prova viva de que um serviço desse naipe pode impactar profundamente o desenrolar de um projeto.

Wilker, onde encontro pessoas prestando esse tipo de serviço?

Opa, você não precisa ir muito longe não. Eu mesmo estou ofertando esse tipo de serviço aqui no blog e disponibilizando um pouco do meu tempo e expertise para te ajudar a alavancar o seu projeto também.

Tudo que você precisa fazer é clicar no botão abaixo e conhecer as regras do meu serviço:

CLIQUE AQUI

Veja por exemplo a consultoria que ofertei para a Adriana:

Conclusão…

Bom, era basicamente isso. Espero que este material tenha te ajudado a entender os passos que devem ser seguidos para se criar um blog profissional.

Lógico que dentro de cada passo que mostrei aqui, existem outras infinidades de coisas que precisam ser feitas, porém, são coisas simples e que com um pouco de paciência, você conseguirá realiza-las.

Se pintar alguma dúvida no inicio, meio ou fim do processo, estou aqui para te ajudar, nunca se esqueça disso ok?

Para finalizar, talvez esse vídeo te ajude a entender melhor todos os passos citados aqui:

Deixo aqui o meu forte abraço e até a próxima!

  • Mestre Wilker, boa noite!
    (acertei seu nome desta vez kkk)
    Fiz essa pergunta noutro post seu mas não achei a resposta (pois não tiquei o botão de notificação..) pergunto:
    O builderall é concorrente do hostgator por exemplo? Ou do que se trata?
    Desculpe se não tem relação inicial com criar blog mas entendo que sim!

    • kkk, sem problemas Rogerio.

      Bom, vamos lá.

      Eu ainda não conhecia o builderall e fui pesquisar depois que deixou o seu comentário. Pelo que pude entender essa plataforma é uma junção de várias ferramentas prontas para construir e automatizar o seu negócio digital, algo parecido com a LeadLovers.

      Ao meu ver eu não considero concorrente do Hostgator, até por que esta é uma empresa de hospedagem de sites e o seu propósito é oferecer apenas este serviço para seus clientes.

      Qualquer outra dúvida é só me procurar. Grande abraço e sucesso em seus projetos.