O que é Dropshipping e Como Começar um Negócio Lucrativo com Essa Prática?

Quer saber o que é dropshipping e só vê informações desencontradas?

Leia esse artigo completo para saber tudo sobre essa forma de e-commerce que movimenta milhões de dólares todos os anos, e que está começando a se fortalecer aqui no Brasil.

Antes de mais nada, não se trata de uma forma de contrabando como muitos alardeiam por aí.

É uma prática honesta que, inclusive, muitas empresas de grande porte utilizam para diversificar seus produtos.

Mas, vamos ao conceito básico de o que é dropshipping e às informações que realmente interessam.

o que é e como funciona o dropshipping

O que é Dropshipping?

A expressão dropshipping está em inglês e traduzindo literalmente significa “largar a remessa”, ou “’largar o embarque”.

Só de ver a tradução já dá para perceber que o negócio se baseia em vender produtos, mas não ter preocupação em manter um estoque, que será mantido por um terceiro.

Ou seja, você tem que cria uma loja para vender os produtos de um determinado fabricante, mas quem vai enviar o produto para o cliente é ele.

Esse tipo de envio chama-se EDC – Entrega Direta ao Cliente, onde o lojista, no caso você, faz apenas a intermediação entre o cliente final e o produtor.

Imagine que você é João e para o dia dos namorados decide comprar uma cesta especial na loja online “presentes.com” para presentear sua esposa.

Olhando as cestas disponibilizadas no site, acaba gostando de uma em particular e decide fazer a aquisição.

Quando você clica no botão comprar, começa o processo de dropshipping.

No momento que o sistema da loja online recebe seu pedido, ele transfere a compra para uma outra empresa que possui o estoque do produto e fica responsável pela entrega do mesmo.

É basicamente dessa forma que funciona o dropshipping.

Assim, você não precisa ter espaço para estocar produtos e muito menos precisará investir na compra de um estoque.

A única que precisará fazer é divulgar seu negócio para realizar as vendas.

Lembra que falei lá em cima que grandes empresas do mercado usam essa forma de trabalho?

Então, dentre esses nomes temos Amazon, Ebay, Mercado Livre e AliEexpress.

Porque muitas pessoas estão voltando os olhos para esse tipo de negócio?

Porque devido a falta de necessidade de ter estoque, é um negócio que requer pouco investimento, mas que tem uma ótima margem de lucro.

Assim, dentro do conceito de o que é dropshipping, esse modelo de negócio está deixando muita gente rica em um espaço de tempo relativamente curto.

O que é Dropshipping – Qual a principal característica para trabalhar nesse mercado?

Muitos empreendedores estão usando o dropshipping como fonte alternativa de renda.

Porém, para quem está pensando em ter seu primeiro negócio dentro desse tipo de mercado, é necessário ter conhecimentos básicos de marketing.

Como a principal coisa necessária para fazer vendas será o público, é preciso conhecer estratégias de divulgação realmente eficazes.

Quanto mais pessoas você enviar para sua loja, terá mais chances de fazer vendas todos os dias, aumentando seus ganhos e criando uma renda substancial trabalhando do conforto de sua casa.

Assim, o perfil necessário para quem quer trabalhar dentro do esquema de o que é dropshipping, é o de uma pessoa que tem conhecimento de público.

Saber bastante sobre copywriting para criar anúncios e postagens que engajam e chamam atenção das pessoas, também é indicado para quem vai abrir um e-commerce.

Apesar de não precisar se preocupar com a logística de estoque e de envio dos produtos, toda a outra parte administrativa e de marketing ficará por sua conta.

Existem diversos cursos especializados em dropshipping. Inclusive um que recomendo muito é o Shopify Monster. Vale a pena dar uma olhada!

>> Conhecer o Shopify Monster <<

Trabalhar com Dropshipping é fácil?

Muitas pessoas podem associar o fato de não precisar se preocupar com a logística de entrega dos produtos como algo fácil de ser gerido.

Trabalhar com dropshipping está longe de ser algo fácil e simples.

As dificuldades são as mesmas de um e-commerce tradicional, a única coisa que muda é a questão do estoque, que você não precisa necessariamente possuir para iniciar.

Principais vantagens de trabalhar com o que é dropshipping

Dito as características principais no perfil de um dono de comércio com dropshipping, é importante elencar as vantagens principais desse modelo de negócio.

vantagens do dropshipping

1 – Baixo investimento

Sem dúvida, o lucro de um negócio está diretamente ligado ao custo necessário para a operação.

Quem trabalha com produtos físicos, acaba precisando investir mais de 50% do capital na montagem de um estoque.

O modelo de comércio na forma de o que é Dropshipping, não precisa de investimento no estoque, o que baixa muito o valor do capital inicial para o negócio.

2 – Liberdade geográfica

O sonho de quem deseja trabalhar na internet é justamente ter a liberdade geográfica.

Trabalhar de qualquer lugar do mundo precisando apenas de uma conexão com a internet é recompensador, além de trazer muita qualidade de vida.

Sem falar que também dá para gerir seu negócio nas horas vagas, caso você ainda esteja preso a um emprego fixo.

3 – Não se preocupe com a logística

Negócios que envolvem venda de mercadorias precisam de um planejamento de logística perfeito para agradarem clientes e fazerem mais vendas.

No processo de coleta e processamento do pedido, separação e embalagem da mercadoria, despacho (ir até a agência de correio), vai embora 75% do tempo disponível para o negócio.

Muitos vendedores do mercado livre que trabalham com produtos próprios, ou revenda com estoque, passam boas horas da madrugada apenas embalando os pedidos do dia seguinte.

Dentro do modelo de negócio de o que é dropshipping, a parte de separação, embalagem e envio fica a encargo de outra pessoa, o fornecedor.

Assim, você pode focar seus esforços apenas no marketing e aumentar o número de vendas exponencialmente.

4 – Não precisa de estoque

Como falei lá em cima, um negócio físico no modelo convencional precisa de investimento de, pelo menos, 50% do capital na compra de mercadorias.

Sem falar que, dependendo do nicho de mercado, é preciso se preocupar com prazos de vencimento, maneira certa de manusear embalagens e formas corretas de estocagem.

Outro ponto importante, é que caso não tenha um prédio próprio precisará investir em um local de armazenamento, aumentando os custos operacionais ainda mais.

Mesmo quem começa um pequeno e-commerce precisa ter um plano de estoque que seja funcional e prático.

Poder vender produtos sem precisar se preocupar com toda essa parte do negócio, é menos estressante.

5 – Alta rotatividade

Escolhendo um nicho de mercado e produtos que tenham forte apelo de público significa ter alta rotatividade e volume alto de vendas.

Seu negócio nos modelos de o que é dropshipping dependerá apenas da escolha dos produtos certos para ter sucesso.

Aqui é preciso fazer uma boa garimpagem de produtos, e sempre pensar na satisfação do cliente, não na sua.

O que é Dropshipping – Principais Desvantagens do Negócio

Claro que como todo tipo de negócio existem alguns pontos negativos e sempre é bom conhece-los para estar preparado:

dropshipping desvantagens

1 – Garimpagem dos produtos

Para montar sua loja você precisará fazer uma pesquisa minuciosa para ver quais produtos são viáveis vender e quais não.

Fazer isso de qualquer jeito poderá fazer você perder tempo divulgando produtos que não vendem, e aí ter pouca rotatividade e poucas vendas.

Para escolher os produtos certos, precisará conhecer o público do nicho de mercado profundamente, assim não correrá o risco de ficar sem vendas.

Aqui valerá não o que você acha que vende, mas o que as pessoas estão buscando e querem comprar.

Para encontra esses produtos terá que fazer uma pesquisa demorada e abrangente, e sempre testar produtos novos ocasionalmente.

2 – Fornecedores

Para começar um negócio dentro dos moldes de o que é Dropshipping, deverá contar com fornecedores “ponta firme”.

Lembre-se, o produto não é seu, mas quem aparece para o cliente é a sua loja, então toda responsabilidade com uma boa imagem será sua.

É importante contar com pesquisa e também com experiência de outras pessoas que trabalham no mercado para encontrar fornecedores confiáveis e seguros.

O lucro maior vem do trabalho com fornecedores internacionais, então pesquisar bem esses lojistas é fundamental para o sucesso do seu negócio.

3 – Baixa margem de lucro

No começo, quando ainda estiver testando e validando produtos, deverá trabalhar com uma margem menor de lucros, até para oferecer um diferencial para os clientes.

Assim, para ter ganhos realmente substanciais deverá vender bastante e ganhar na quantidade de vendas realizadas.

Perceba que o sucesso financeiro está atrelado a escolha dos produtos com maior aceitação no mercado.

4 – Impostos altos

Trabalhando com fornecedores do exterior (maioria está na China), você deverá contemplar no seu custo, o valor dos impostos e taxas.

Partindo do princípio que toda e qualquer mercadoria pode sofrer taxação quando chegar no Brasil, é importante ter isso em mente e manter esse valor sempre embutido no seu preço.

Algumas mercadorias podem até ser retidas na alfândega, então é importante conhecer bem a legislação e ver o que pode e o que não pode ser trazido de fora.

5 – Prazos de entrega

Quer saber se uma loja trabalha com dropshipping? Só dar uma olhada nos prazos estimados de entrega dos produtos.

Como a maioria dos fornecedores estão do outro lado do mundo, os produtos podem demorar entre 40 e 60 dias para chegarem ao seu cliente aqui no Brasil.

Isso pode desencorajar a compra por parte do cliente final, e fazer você precisar pesquisar por fornecedores que entreguem em menor tempo.

Dentro desse modelo de negócio você precisará pagar o fornecedor e também o frete, então preste atenção nos valores no caso de remessas mais rápidas (são bem mais caras).

Claro que isso será repassado para o cliente final, porém quanto mais rápida for a entrega, mais satisfeito o cliente ficará.

7 passos para começar seu negócio de Dropshipping

nicho de mercado dropshipping

Como você viu, as vantagens e desvantagens não são muito diferentes de outros tipos de negócio.

Via de regra, todo empreendedor precisa ter em mente que qualquer negócio tem seu risco.

Para não ter muitos percalços basta apenas planejar detalhadamente e seguir um plano já testado por outros empreendedores.

Veja abaixo 06 passos principais para ter seu negócio dentro dos moldes de o que é dropshipping.

1 – Planejamento

Planejar é importante para qualquer tipo de negócio. No dropshipping não poderia ser diferente.

Invista tempo e planeje cuidadosamente o seu dropshipping.

Por ser uma modalidade aparentemente simples, não quer dizer que não precise de um planejamento rebuscado.

2 – Escolha do nicho de mercado

Todo e qualquer negócio começa na escolha do nicho de mercado.

O nicho é o assunto que seu negócio terá. Assim você pode criar uma loja de cosméticos, perfumes, relógios, utensílios de cozinha, etc.

Dentro de cada nicho de mercado existe as pessoas que se interessam por esses produtos, elas são o seu público.

É para esse público que você precisará criar a divulgação, então conhecer bem essas pessoas é fundamental para suas estratégias de marketing.

>> Como Escolher Um Nicho de Mercado Altamente Lucrativo Para o Seu Negócio <<

3 – Escolha dos produtos

Depois de definido o nicho de mercado (assunto) do seu negócio, é hora de escolher os produtos que farão parte da sua loja.

Aqui é recomendado fazer uma pesquisa, principalmente nas redes sociais, para ver o que o público do seu nicho gosta.

Lembre-se que às vezes pessoas que são interessadas por uma determinada coisa, podem ter interesse por outros produtos também, e aí seu leque de opções pode aumentar bastante.

Entre em grupos relacionados ao seu nicho de mercado, veja os comentários que as pessoas deixam nas postagens e comece a descobrir o que elas gostam de comprar.

4 – Escolha dos fornecedores

Nesse item está a base do seu negócio. Quanto mais fornecedores confiáveis você tiver, menos dores de cabeça.

Uma dica importante é ter mais de um fornecedor para o mesmo produto, pois assim não corre risco de não vender por falta do produto.

No começo será necessário testar alguns fornecedores para escolher os que têm uma logística melhor, pois o que importa mesmo é a satisfação do seu cliente.

Procure fornecedores em sites como AliExpress, AliBaba, Mercado Livre e afins, sempre olhe os comentários na vendas desses fornecedores e veja seu nível de aceitação e a satisfação dos clientes.

5 – Montagem da loja

Se você tiver uma loja com 15 ou com 1000 produtos, precisará cadastrar todos eles, e isso pode ser bem demorado se for feito manualmente.

É importante comprar um domínio seu e contratar uma plataforma de loja virtual para minimizar o trabalho e, principalmente, as dores de cabeça,

O Shopify é uma plataforma que hoje se destaca como a principal ferramenta para montagem de lojas virtuais.

Um grande diferencial de trabalhar com ela é que ela possui ferramentas para quem tem e-commerce tradicional e também para quem trabalha dentro dos moldes de o que é dropshipping.

É possível gerencial os produtos, clientes, compras que foram realizadas e também ter métricas sobre visitas e negócios concluídos para acompanhar a evolução do negócio.

Possui vários modelos de lojas muito atraentes, atendendo qualquer nicho de mercado e vitrine de produtos.

Outra alternativa é a utilização do WordPress juntamente do woocommerce, um plugin fantástico que vai possibilitar você criar uma loja virtual totalmente integrada ao WordPress.

6 – Divulgação

Depois de ter a loja, os produtos e os fornecedores, é preciso atrair os clientes.

A divulgação é a principal preocupação de quem trabalha com e-commerce, pois sem clientes não existe lucro.

O marketing digital é a ferramenta principal para fazer a divulgação correta da sua loja, e isso pode ser feito com anúncios pagos, ou utilizando estratégias para geração de tráfego orgânico.

Utilize as redes sociais. Crie uma fanpage, um perfil no Instagram e não se esqueça de utilizar o Whatsapp para aproximar sua comunicação com seus potenciais clientes.

Seja qual for o modelo de divulgação escolhido, lembre-se sempre de usar gatilhos mentais em suas propagandas e postagens.

Esse recurso poderoso de marketing ativa a necessidade de compra no público e é fundamental para fazer vendas todos os dias.

O mercado está apenas começando no Brasil é já é possível encontrar fornecedores brasileiros eliminando custos com importação e diminuindo muito o prazo de entrega.

7 – Atendimento

Prestar um atendimento personalizado é fator chave para o sucesso com esta estratégia.

Algumas ações podem te ajudar a se diferenciar no mercado, veja:

  • Tenha um e-mail profissional;
  • Tente colocar na sua loja virtual o recurso de chat online para atender a demanda do seus potenciais clientes;
  • Determine um horário do dia para responder comentários e mensagens dos seus clientes e seguidores;
  • Utilize o Whatsapp Business para aproximar o contato e fidelizar o cliente.

Adote esse tipo de atendimento que tenho certeza que será só sucesso no seu empreendimento.

Ao seguir esses passos você conseguirá manter uma boa estrutura de dropshipping e possivelmente terá um enorme sucesso com sua loja virtual.

O que é Dropshipping Internacional

Dropshipping internacional é a prática de utilizar fornecedores fora do país.

É uma excelente oportunidade de diversificar os produtos a serem vendidos, bem como aproveitar a grande margem de lucro devido o baixo valor dos mesmos.

Grande parte dos empreendedores brasileiros optam pelos produtos chineses, justamente pelo fator preço e qualidade.

A desvantagem do drop internacional é a demora para chegar aqui no Brasil, bem como o risco de ser taxado na alfândega.

 Uma forma de contornar esta situação é aumentar o valor final da mercadoria.

O que é Dropshipping Nacional

dropshipping-nacional

Ao contrário do internacional, o nacional diz respeito a trabalhar com fornecedores localizados aqui no Brasil.

Apesar de ser mais simples devido a burocracia envolvida na importação, o drop nacional carrega algumas desvantagens, como, por exemplo, o alto custo do produto, bem como a pouca diversificação dos mesmos.

A tendência é que isso mude em breve, pois já temos inúmeros fornecedores nacionais disponibilizando vários produtos e inovando em suas estratégias.

O que é o Shopify

shopify

O Shopify é uma plataforma para e-commerce popularmente conhecida pelos praticantes do dropshipping.

Atualmente talvez seja a melhor e mais utilizada plataforma do mercado no que tange a criação de lojas virtuais para drop.

Algumas das suas qualidades:

  • Disponibiliza modelos de lojas virtuais prontas;
  • Fornece métricas de visitas e compras;
  • Cálculo do frete;
  • Gerenciamento de estoque;
  • E muito mais.

Clique Aqui Para Conhecer o Shopify

Dentre as vantagens dessa plataforma destaco a simplicidade em criar uma loja virtual do zero e o suporte oferecido.

A única desvantagem que encontrei foi os valores cobrados pela mesma. O plano mais barato custa USD $29, convertendo, ultrapassa os R$ 100.

Porém, com o sucesso da sua loja, você conseguirá manter tranquilamente esse custo operacional.

Conclusão

Desejo que esse artigo completo sobre o que é dropshipping tenha ajudado você a saber mais sobre o assunto, e eliminado mitos comuns sobre esse modelo de negócio!

Este mercado está passando por grandes reformulações e ajudando milhares de pessoas a construírem do zero seus negócios digitais.

Espero que este material tenha lhe dado um bom embasamento para poder iniciar nesse modelo de negócio e faturar milhares de reais com lojas virtuais.

Em caso de dúvidas, deixe o seu comentário aqui abaixo.

Sinta-se a vontade também para deixar um elogio, sugestão ou critica. Isso vai me motivar a sempre dar o meu  melhor em conteúdo para você.

Grande abraço e sucesso em sua caminhada!