Você está cansado dessa vida de afiliado e sente que está estagnado na sua zona de conforto? Ou talvez nem tenha entrado no mercado de afiliados e quer começar já em outro patamar?

Até a data dessa postagem milhares de pessoas  se encontram estagnadas querendo ganhar mais dinheiro, gerar mais autoridade e ajudar mais pessoas, porém, não saem do lugar. É um problema frequente em nosso mercado.

E se eu te falar que existe uma forma de você entrar no mercado já em outro nível, gerindo um negócio que pode te trazer um bom retorno financeiro, mais autoridade e mais reconhecimento de mercado? Além de ajudar milhares de pessoas com o seu conhecimento?

Refiro-me aqui ao mercado de infoprodutos, ou mais popularmente conhecido como produtos digitais.

Se você tem uma habilidade ou um conhecimento impar sobre determinado tema, então é uma excelente oportunidade para você criar um produto digital e fazer seu nome dentro do mercado.

Quando falo “fazer seu nome” me refiro a potencialidade que é, ter o seu próprio produto e ajudar milhares de pessoas.

Ninguém vai lembrar daquele top afiliado que faturou milhões de reais com produto X,Y ou Z, mas sim, do produtor que detém os direitos sobre o produto que aquele afiliado divulgou, e sabe por que acontece isso?

Por que  o dono do produto é quem recebe todo o crédito, pois é através do conhecimento dele que outras pessoas estão prosperando em determinada área.

Se você entendeu o poder dessa parada e quer investir no seu próprio produto, porém, não sabe o caminho. Você está no lugar certo, na hora certa.

Neste artigo irei abordar tudo que precisa saber sobre como criar o seu produto digital e com isso faturar muito mais neste mercado.

como criar um infoproduto do zero

O que é um produto digital?

Antes de começar a nossa jornada é importante saber o que é um produto digital em seu conceito geral.

Um produto digital é um conteúdo que será entregue no formato digital através da internet. Também conhecido como infoproduto, já que, por definição, é algo que tem a missão de informar o cliente final sobre determinado assunto.

Geralmente este tipo de produto é entregue via e-mail para você baixar ou acessar uma área com login e senha para consumir o conteúdo.

Alguns exemplos de produtos digitais:

Um exemplo de produto digital é o meu curso Como Ganhar Dinheiro com E-books PLR.

São vários vídeos dentro de uma área de alunos onde envio o acesso para os mesmos, para que eles possam aprender a ganhar dinheiro com os famosos e-books PLRs.

Eu quero que você entenda o poder disso. Tipo, imagine a seguinte situação:

Você é técnico de informática e tem um espaço físico na sua cidade onde atende diariamente várias pessoas que estão precisando do seu serviço de manutenção de computadores.

Digamos que você atende por dia ai uma faixa de 10 pessoas. Tudo bem até ai, porém, você sente que está entrando na zona de conforto e decide que quer ir além. Chegou a hora de escalar o seu negócio.

Para atender mais pessoas você terá que contratar alguém para sua equipe e ampliar seus serviços para as regiões mais próximas. Um plano escalável e possível, porém, que terá um custo elevado se colocarmos no papel espaço físico, equipamentos, colaboradores e etc.

Agora quero que imagine você pegando essa sua expertise (informática técnica) transformando num produto digital e vendendo o seu conhecimento para milhares de pessoas ao redor do mundo.

Aqui você quebra a barreira física (atinge todo o país) e economiza absurdamente, pois tudo que você vai precisar é de um computador conectado a internet.

Você vai conseguir atender muito mais que apenas 10 pessoas, se transformará em autoridade naquilo que você vai ensinar e sua conta bancária vai engordar a partir da expertise que você tem.

Então, concorda comigo que criar um produto digital é muito lucrativo e que pode fazer a diferença na sua vida e no seu negócio como um todo?

Perfeito. Mas fica o questionamento:

Por que você precisa aprender como criar um produto digital?

Acho que a resposta dessa pergunta ficou clara quando abordamos o exemplo anterior. Mas vou melhorar ainda mais isto e falar um motivo que vai te convencer de uma vez por todas.

Criar um produto digital vai abrir as portas para você ganhar dinheiro no piloto automático praticamente para sempre.

Quando falo ganhar dinheiro no piloto automático me refiro a capacidade de você gerar renda para o seu negócio mesmo que você não esteja 100% presente na frente do computador.

Sempre vai existir alguém buscando a solução que você oferta. Tudo o que você precisa fazer é trazer essas pessoas para conhecer o seu produto. Essa parte é a famosa divulgação.

Tendo um bom produto que resolva o problema dos seus potenciais clientes, vender será a parte mais fácil do processo!

 – Wilker, agora pegou, eu não tenho nenhuma expertise para poder explorar. Como fazer então?

Calma meu caro Padawan. Acompanhe-me no próximo tópico:

Você não precisa ter ou ser expert em algo para criar seu produto digital.

o que é um infoproduto

Isso pode soar como uma contradição, concorda? Mas vamos lá, deixa eu te explicar…

…Quando falo que você não precisa ser expert ou ter expertise em algo é me referindo a possibilidade de você comprar um produto pronto e utilizar o mesmo como se fosse seu.

Entendeu? Agora acredito que ganhei sua atenção, rsrs.

Vamos lá…

No mercado digital existe o que é conhecido como Produto PLR, que é um produto digital que possui uma licença de uso que permite ao seu comprador a possibilidade de revender aquele material como se o comprador fosse realmente o dono.

O mais interessante aqui é que essa licença permite você modificar o produto por inteiro e com isso colocar seu nome e ter o seu produto pronto para venda, sem que você seja necessariamente expert em determinado assunto.

Wilker, onde encontro este tipo de produto para comprar e revender?

Você encontra algo assim na minha loja exclusiva de PLRS. Lá você encontrará produtos extremamente completos para poder comprar e revender.

>> Clique Aqui Para Conhecer a Nossa Loja <<

Para ficar ainda mais claro, peço que você leia o artigo abaixo, nele eu explico em detalhes essa modalidade de trabalho:

>> Clique Aqui Para Conhecer os Famosos Produtos PLR <<

Portanto, acaba aqui as desculpas para você não investir neste mercado. Mesmo que você seja um completo leigo, você poderá ter o seu próprio produto digital.

Vantagens em criar um produto digital

Existem inúmeras vantagens em criar um produto digital, mas encabeço 2 vantagens principais que podem convencer você de uma vez por todas a investir neste mercado. Veja:

Não precisa ter estoque

Fazendo alusão a uma loja física, você não precisa ter estoque e nem dores de cabeça com processos logísticos. Tudo vai ser entregue de forma digital.

Ou seja, você pode vender mil cópias do seu produto que não fará diferença para sua logística.

Pra você ter uma ideia, eu tenho mais de 100 e-books publicados e me trazendo renda passiva todos os meses. Muito disso graças aos e-books PLR.

Então, é algo muito poderoso e lucrativo esse mercado de produtos digitais.

O processo é automático

Outra grande vantagem de criar o seu produto digital é a automação por trás de todo o processo.

Uma vez criado e configurado, todo o resto é automático.

Na atualidade existem diversas plataformas de vendas que se encarregam de automatizar todo o processo de venda e entrega do seu produto.

A sua única preocupação será em divulgar o seu produto e fazer o saque para sua conta bancária no final do mês. 🙂

Existem várias outras vantagens, mas essas podem te convencer melhor a investir no mercado e conseguir sua liberdade financeira.

Dito isto, vamos aprofundar nos pontos principais de criação de um infoproduto de sucesso.

Como criar um produto digital vencedor?

o que é produto digital

Nessa altura do campeonato você já deve ter entendido que qualquer pessoa com algum conhecimento ou sem nenhuma expertise pode ter o seu próprio produto digital.

Mas não se engane, sem uma boa estratégia ou checklist do que fazer, seu produto digital está fadado ao fracasso.

Abaixo, você confere os passos mais importantes na hora de produzir seu infoproduto.

1. Escolha um nicho de mercado

O que irei falar aqui tem muito a ver com o próximo tópico. Mas a essência do nicho de mercado é você procurar mercados que tem demanda, ou seja, pessoas buscando por soluções para determinados problemas.

Algumas perguntas para encontrar o nicho de mercado lucrativo:

  • Existe espaço para aquela demanda?
  • Existe muita concorrência?
  • Como os concorrentes trabalham?
  • Existe alguma abordagem que ainda não foi explorada?

Encontrar um nicho de mercado pouco explorado com demanda é ouro nos dias de hoje. Por isso, uma boa análise inicial do mercado se faz necessário para você começar com o pé direito.

No artigo abaixo apresento alguns macetes para você encontrar um nicho de mercado lucrativo para o seu negócio:

>> Como Encontrar um Nicho de Mercado Lucrativo <<

2. Defina seu público-alvo

A primeira etapa na criação de um produto digital é saber quem é de fato o seu público-alvo ou também conhecido como “buyer persona”.

Você precisa responder essas perguntas:

  • Quem vai comprar o seu produto?
  • O que essa pessoa espera?
  • Até quanto ela está disposta a investir?

O maior erro de produtores iniciantes é focar muito no produto e esquecer o principal, que é justamente o cliente.

No exemplo do técnico de informática, você poderia fazer uma pesquisa e identificar por exemplo, que seu público são aquelas pessoas que desejam assim como você aprender a consertar computadores e ganhar dinheiro com isso.

Para criar um produto, você não precisa desenvolver ou descobrir a nova fórmula mágica que vai ajudar milhões de pessoas, mas sim descobrir o problema que as pessoas querem resolver e entregar a solução para elas.

Então, a primeira etapa dessa jornada de como criar um produto digital é você definir seu público-alvo.

3. Defina o tema do seu produto

Depois de definir o seu público-alvo, a próxima etapa é decidir qual será o tema do seu produto.

A escolha do tema vai de encontro à definição do público-alvo. Por exemplo, se o seu público são pessoas interessadas em aprender a consertar computadores para ganhar dinheiro, então o tema do seu produto vai ser manutenção de computadores.

O interessante dessa etapa é que você precisa saber as necessidades do seu público-alvo.

Por exemplo, quando lancei o meu treinamento como ganhar dinheiro com e-books PLR eu sabia que a necessidade dos meus potenciais clientes era aprender a gerar uma renda extra e montar um negócio online de sucesso. E muito mais do que isso eu sabia que meus clientes buscavam liberdade financeira e de tempo.

Então, é primordial que você saiba as necessidades dos seus potenciais clientes. Assim, você conseguirá formular um tema principal para o desenvolvimento do seu produto digital.

Como descobrir as necessidades do seu público-alvo?

Falei e expliquei sobre as necessidades, mas não mostrei como fazer, certo? Vou matar a cobra e mostrar o pau como falam aqui na minha terra. Rsrs.

conhecer público-alvo

Seguinte…

A forma mais simples e direta de entender quais as necessidades do seu público-alvo é fazer pesquisas.

Por incrível que pareça, as pessoas, em sua grande maioria, ainda não sabem o que querem ou do que precisam.

Dessa forma, a melhor maneira de conscientizar e fazer com que elas descubram que precisam de algo é perguntar sobre seus desafios.

Vamos novamente utilizar o exemplo do técnico de informática.

Vamos supor que você vai criar um produto sobre informática.

Em vez de perguntar às pessoas se elas querem aprender informática, você deve perguntar quais são os desafios que elas enfrentam ao lidar com essa tecnologia.

Tenho certeza que as respostas que você receber vai te dar um bom norte do que produzir e entregar para seus potenciais clientes.

Você pode fazer essa pesquisa nas redes sociais, nos grupos da família, com os amigos.

Você precisa descobrir um assunto que vá direto ao ponto, que seja “matador”.

Método CAD para definição do tema/assunto do produto digital

Além da pesquisa, você também pode aplicar esse método matador para definir de uma vez por todas o assunto do seu produto digital.

Esse método é baseado em três pilares:

C = Conhecimento;

A = Adoro;

D = Dor;

Conhecimento

Quando você explica ou ensina algo que você domina a coisa flui mais rápido.

Seu conhecimento no assunto influencia bastante na criação de um produto relevante para sua audiência.

Mesmo que exista a possibilidade de você criar um produto digital sem ter nenhuma expertise, conhecer sobre determinada área e repassar seu conhecimento sobre isso pode fazer total diferença no seu negócio.

Adoro

A segunda coisa que pode te ajudar a definir o tema do seu produto é considerar algo que você goste muito de falar ou fazer.

No meu caso, eu simplesmente amo tecnologia e marketing digital. Sou formado nessa área e praticamente domino a parada. Isso faz do meu trabalho algo divertido e não maçante. Logo, as coisas fluem naturalmente.

Dor

O seu produto precisa resolver o problema da sua audiência.

Se o problema da sua audiência é não saber mexer em computadores de forma básica e você tem conhecimento sobre isso e adora ensinar ou falar, então você já tem a formula do sucesso do seu produto digital.

Coloque esses pontos em prática e me agradeça nos comentários depois. 😉

4. Defina o formato do seu produto

Depois que você definiu o tema do produto, é hora de escolher o formato do mesmo para poder entregar a sua audiência.

Atualmente há uma infinidade de formatos possíveis para você produzir o seu conteúdo e de fato entregar para sua audiência.

Abaixo listo os 8 mais comuns do mercado:

#01 – E-book

E-book é um formato muito comum nos dias de hoje e muitas pessoas optam por esse formato por ser simples de produzir e principalmente de entregar.

Tudo que você vai precisar para desenvolver o seu e-book é de um computador com editor de texto. No link abaixo eu explico em detalhes como você pode desenvolver um e-book de sucesso.

>> Clique aqui para aprender a desenvolver o seu e-book <<

#02 – Curso online em vídeo

É um dos formatos mais trabalhosos, porém, mais rentável também.

São aulas gravadas em vídeo, geralmente hospedadas em uma área de membros.

Esse formato é interessante, pois permite ao cliente assistir as aulas quantas vezes ele quiser, e até pelo nível de interatividade pode favorecer o aprendizado do mesmo em relação ao seu conteúdo.

#03 – Webinários

O webinário nada mais é do que uma vídeo-aula que pode ser fornecida de forma ao vivo ou gravada.

Para realizar um webinário, não é preciso conhecimentos técnicos de audiovisual, já que atualmente existem muitas ferramentas gratuitas que auxiliam os organizadores do evento.

#04 – Audiobook

Um audiobook nada mais é do que a narração de um livro.

Muitas pessoas gostam desse formato por que enquanto escutam o áudio estão fazendo outras tarefas rotineiras.

#05 – Podcast

Segue a mesma premissa do exemplo anterior, mas, em vez de livros, são conteúdos mais curtos.

Os podcasts podem ser bate-papos informais sobre um determinado assunto, uma mesa redonda com especialistas, alguém narrando uma história ou fato.

#06 – Site para membros

Outro formato bastante popular no mercado digital é o site de membros.

Este espaço serve para você entregar o seu conteúdo, seja em forma de texto ou vídeo.

Você pode cobrar pelo acesso de forma única ou recorrente (todos os meses).

#07 – Softwares

Os softwares também são infoprodutos que ajudam a sua persona a resolver algum tipo de problema.

Se você tem expertise para desenvolver algo do tipo, vai em frente, pois dependendo da dor a ser resolvida, seu projeto pode ser bastante lucrativo.

#08 – Pacotes de serviços

Seu produto pode ser um pacote de serviços que você domina e sabe que seu cliente pode ser beneficiado com isso.

Por exemplo, oferecer a uma empresa ou pessoa uma sequência de e-mails, carta de vendas ou criação de um site institucional.

Esses são os formatos mais comuns encontrados no marketing digital. Escolha um que se adeque ao propósito do seu produto e mãos a obra.

5. Esboce o seu produto

O próximo passo depois de definido o público-alvo, tema e formato do produto é planejar o conteúdo.

Eu já lancei dezenas de produtos no mercado e pretendo lançar muito mais. Porém, algo que sempre me ajudou foi rabiscar com papel e caneta todas as minhas ideias.

A imagem abaixo diz respeito ao lançamento da nova atualização meu curso como ganhar dinheiro com e-books PLR.

PS: Não repare na letra, como disse, é apenas um rabisco meio que criptografado. Hahaha.

rabisco planejamento

Se for redigir um e-book comece formalizando os capítulos, se for um curso em vídeo formule os títulos dos módulos, se for um podcast ou webinário monte um roteiro e assim por diante.

Em meio a esse processo você verá que várias ideias irão surgir e com isso enriquecer ainda mais o seu produto digital.

Após o planejamento você deve partir para ação e começar a produzir o conteúdo que será vendido para sua audiência.

6. Analise seus concorrentes

Após a criação do seu produto faça um estudo dos concorrentes.

Procure na internet produtos parecidos, analise o preço, formato, formas de divulgação, depoimentos e tudo que for relacionado ao produto.

Essa análise vai te ajudar a enriquecer ainda mais o seu próprio produto e talvez quem sabe preencher lacunas que ficaram abertas nos produtos da concorrência.

7. Finalize e lance o seu produto

Seguindo todos os passos anteriores você terá além de uma ótima ideia em mãos, algo pronto para vender no mercado.

Então o próximo passo é lançar o seu produto no mercado. Você pode fazer a publicação do mesmo na Hotmart ou Monetizze, por exemplo, e já começar os trabalhos de divulgação para conseguir vender bastante.

É importante destacar que criar um produto digital apesar de aparentar ser simples, não é.

É necessário muito trabalho, dedicação e sangue nos olhos. Com essa pegada em mente você vai longe, pode acreditar!

Como precificar um produto digital?

como ganhar dinheiro na hotmart

Para precificar o seu produto digital você precisa colocar algumas variáveis na mesa, como, por exemplo:

  • Custos para produzir;
  • Público-alvo;
  • Preço dos concorrentes;
  • Projeção dos ganhos;
  • O valor percebido do seu produto

Quanto mais escasso for a sua solução, maior poderá ser o valor cobrado pelo mesmo.

Tente produzir algo diferenciado, que seja difícil de encontrar tão fácil por ai. Se destaque, se diferencie e depois encha o seu bolso de dinheiro. Hehehe!

Geralmente para os meus produtos eu costumo tabelar com um teto máximo de R$ 497,00 para cursos online e R$ 97,00 para e-books.

Isso é só uma base. Faça um levantamento da sua concorrência e veja no que o seu produto pode se diferenciar para poder cobrar um preço justo e competitivo.

Conclusão

Agora você já tem todas as informações necessárias para criar o seu produto digital.

O meu principal objetivo com este artigo foi fazer você entender não só o poder desse mercado, mas também explicar que qualquer pessoa com um conhecimento ou vivência pode utilizar sua experiência para vender na internet.

Basta ter planejamento, uma estratégia sólida e força de vontade.

Espero que tenha gostado do material e que o mesmo tenha te ajudado. Caso queira saber como pessoas estão saindo do absoluto zero e criando produtos vencedores no mercado digital e faturando muito com isso, basta clicar no link abaixo:

>> Clique Aqui Para Saber Mais <<

E você? Tem algum conhecimento ou habilidade que poderia compartilhar com outras pessoas? 

Deixe seu comentário!

Sobre o Autor

Wilker Costa
Wilker Costa

Formado em computação e apaixonado por empreendedorismo. Desde cedo buscando sempre inovar e trazer as melhores soluções para seus clientes. Escreve regularmente sobre marketing digital e acredita que esse é o caminho para a liberdade financeira e para a construção de uma sociedade mais empreendedora!

  • >
    Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.
    Chamar o Wilker
    1
    Precisa de Ajuda?
    Olá, aqui Wilker Costa

    Posso ajudar?

    Não fique com dúvidas. Me chama no Whatsapp que te ajudo agora mesmo!

    Basta clicar no botão verde logo abaixo: