Funil de vendas parte 03 – Produto gatilho ou produto de entrada

Dando continuidade a nossa sequência de seis artigos sobre funil de vendas, irei abordar no artigo de hoje a parte 03 que diz respeito ao produto gatilho ou produto de entrada como também é conhecido.

Acredito que você já tenha lido os dois artigos iniciais dessa série e sabe que o principal motivo de eu ter criando toda essa sequência é justamente por saber a eficácia de um bom funil e por ter feito também o excelente curso funil inteligente da Graciela Barbieri.

Segue abaixo os links dos próximos artigos (assim que for terminando de escrever o restante, irei colocando os links ):

O que é um produto gatilho?

Bom, para entendermos o que é um produto gatilho, nada melhor que um exemplo prático. Faça o seguinte, se inscreva no box abaixo e veja o que acontece.

Viu o que aconteceu? Ao informar seu e-mail e clicar em quero receber, você foi redirecionado para outra página, onde dou as boas vindas e ofereço um produto de baixo preço que está intimamente ligado com o assunto da categoria em questão.

Esse produto oferecido nessa página se chama produto gatilho ou produto de entrada. Dai podemos tirar a definição exata de produto gatilho: “É uma oferta irresistível, de valor muito baixo, que tem o objetivo de converter potenciais clientes em clientes compradores”.

O grande poder do produto gatilho

produto-gatilho

O principal poder do produto gatilho é converter potenciais clientes em clientes compradores logo quando eles iniciam o processo de subscrição em seu site.

Ou seja, ao informar o e-mail para receber a Isca Digital, o usuário está propenso a responder mais um sim, justamente pelo simples fato de você ter entregado algo de graça para ele (isso se chama gatilho mental da reciprocidade), portanto, você deve oferecer o produto gatilho logo após o usuário informar seu e-mail para receber a isca digital.

Esse próximo “sim”, pode ser a compra do produto gatilho, que como descrito na definição, é um produto de preço baixo que está atrelado a uma oferta irresistível.

Mas Wilker, por que não posso oferecer um produto de ticket médio?

Por que simplesmente não converte. Ou seja, a sacada do produto gatilho é justamente oferecer algo de baixo custo, para que seu assinante se torne de imediato um cliente comprador.

Favorecendo assim, compras futuras dentro do seu funil, uma vez que o seu lead já comprou uma vez de você, as próximas compras serão muito mais fáceis e rápidas de acontecerem.

Por que precisamos de um produto gatilho em nosso funil?

Muito simples, as pessoas ainda não confiam em você. A partir do momento que você conquistar a confiança dos seus seguidores a barreira da compra será quebrada e consequentemente você realizará muito mais vendas.

E como quebrar essa barreira?

Usando um produto gatilho para transformar seus leads em clientes compradores e consequentemente fideliza-los em ofertas futuras que você venha a oferecer dentro do seu funil.

Como criar ou escolher o produto gatilho correto para meu funil?

Bom, você pode tanto criar (mais recomendado) ou escolher um produto de terceiros para ser o seu produto gatilho. Logo abaixo eu trago um checklist simples com algumas observações que devem ser levadas em consideração quando estiver escolhendo o mesmo.

SEM BARREIRA DE ENTRADA/COMPRA POR IMPULSO

A regra geral sobre o produto gatilho é que o preço não pode ser uma objeção, o preço não pode fazer com que alguém deixe de comprar o seu produto gatilho. É como o chiclete no caixa do supermercado, as pessoas simplesmente compram sem pensar no preço.

produto-entrada

Uma dica bacana para quem for desenvolver o próprio produto gatilho é tentar oferecer o mesmo pelo menor preço possível, por que assim, você pode subir o preço de acordo com a resistência do seu mercado.

FÁCIL DE ENTENDER E DE EXPLICAR

Mesmo que algo custe apenas R$ 5 ou R$ 10, se o seu potencial cliente não fizer ideia do que ele faz ou para que sirva, não é um bom produto gatilho.

Você tem que oferecer alguma coisa que seu potencial cliente olhe e pense imediatamente… “Eu quero isso”.

Nessa etapa do funil você ainda não conquistou a confiança do seu potencial cliente, então essa oferta deve ser simples e fácil de entender. Se o seu potencial cliente não tiver a vontade de comprar só de ver a imagem ou só de ler a chamada da página, provavelmente seu produto gatilho está muito complexo.

LEVAR À VENDA DA SUA OFERTA PRINCIPAL (ÚTIL, MAIS INCOMPLETO)

No próximo artigo da nossa sequência veremos o uso da oferta principal. Portanto, não se preocupe se não entender nesse momento como a mesma funciona.

Bom, um bom produto gatilho deve ser útil, porém incompleto. Mas como assim?

Simples, o produto gatilho tem que ser algo que faça com que as pessoas queiram comprar o seu produto principal, no caso a oferta principal.

Ex:

P.G (Produto Gatilho) : Estratégia ninja para fechamento de uma venda.

O.P (Oferta Principal) : 21 estratégias de negociação infalíveis para fechamento de uma venda.

ALTOR VALOR PERCEBIDO

Você tem que oferecer algo por R$ 10 que vale R$ 50 que vale R$ 100, e assim por diante…

Quando o seu produto tem um alto valor percebido e custa relativamente barato, vai ser muito mais fácil você converter não só o potencial cliente em cliente comprador, mais também, fazer com que esse mesmo cliente compre o seu produto principal de uma forma mais rápida e confiável.

TER QUALIDADE

O produto gatilho tem que fazer com que as pessoas queiram comprar mais de você. Não por que é barato, mais sim, pela qualidade oferecida dentro do produto.

Faça algo de qualidade para causar uma boa primeira impressão sobre você e o seu negócio.

Bom, seguindo as premissas dessa pequena lista, tenho certeza que você conseguirá montar ou escolher o produto correto para oferecer como entrada do seu funil.

Mas para te ajudar um pouco mais nessa decisão, resolvi listar abaixo, alguns tipos de produtos gatilhos que podem ser usados por você em sua estratégia.

Tipos de produtos gatilhos

Webinários pagos

Ao invés de fazer um webinário gratuito, você pode cobrar por ele. Poder ser R$1, pode ser R$9, o preço não importa. O que importa é que ele não seja uma barreira.

Ferramentas digitais/Aplicativos

São excelentes produtos gatilho por que possuem um altíssimo valor percebido.

Serviços

Serviços são excelentes produtos gatilho para profissionais e empresas prestadoras de serviço.

E-books

O E-book pode ensinar um conteúdo completo ou parcial e você pode depois oferecer um curso em vídeos como oferta principal.

Linha de produtos

Ofereça o produto mais barato da sua linha de produto a preço de custo para o seu mercado.

Criei o produto gatilho, ofereci para minha audiência e consegui converter a pessoa em cliente comprador, e agora? Qual o próximo passo?

Bom, o próximo passo é justamente a oferta principal, que será vista em nosso próximo artigo.

Toda a estratégia de funil de vendas gira em torno da venda do nosso produto principal e do nosso produto high end.

Com isso, memorizem essa afirmativa: “O que importa mais em um funil de vendas não são as conversões e sim o faturamento final do funil”.

Veja um resumo em vídeo desse artigo

Concluindo…

Chegamos ao fim de mais um artigo da nossa série. Espero que o mesmo tenha lhe ajudado a entender o que é um produto gatilho e sua importância dentro do escopo de um funil de vendas.

Lembrando que todas essas estratégias sobre funil de vendas podem ser aplicadas em seus negócios como afiliado ou produtor. Portanto, não se preocupe se você ainda não é um infoprodutor, essas técnicas se aplicam também aos afiliados.

Bom, vou ficando por aqui e lhe aguardo no próximo artigo da nossa sequência!

Funil de vendas parte 04 – Oferta Principal.

Forte abraço e sucesso!