Como Começar Um Negócio Online do Zero: 7 Dicas Para Você Começar Agora Mesmo!

Existem vários motivos que levam uma pessoa a querer empreender, dentre os quais se destacam a libertação de uma rotina diária, não ter um patrão para encher o saco e a tão sonhada liberdade financeira.

Muitas pessoas enxergam no marketing digital a possibilidade de conquistar essa liberdade, e por isso estudam, compram cursos e aplicam as estratégias ensinadas.

Algumas barreiras serão evidentes, como, por exemplo, a falta de conhecimento e de ideias, a expertise necessária para iniciar e etc.

O melhor caminho para driblar essas barreiras, é participar de um curso que te mostre o caminho exato a se seguir, isso vai te poupar muito tempo e dinheiro.

Comigo foi exatamente assim, e com você não vai ser diferente. Portanto, fica o questionamento: “Como começar um negócio online do zero?

Se você me perguntasse isso em 2008, por exemplo, eu teria enorme dificuldade em lhe responder por que naquela época o conhecimento deste mercado era escasso, poucas pessoas tinham a expertise necessária.

Hoje não, o cenário mudou drasticamente e por isso o conhecimento e o sucesso neste mercado dependerão exclusivamente do seu esforço e dedicação, pois o que mais temos atualmente são informações de valor na internet.

Ou seja, hoje os tempos são outros e a verdade é que qualquer pessoa pode iniciar o seu negócio do absoluto zero com pouco investimento e risco quase nulo.

Começar um negócio na internet é um investimento que pode dar muito certo, porém, é preciso conhecer algumas dicas que farão toda a diferença na construção do seu empreendimento.

Portanto, fique comigo até o final deste artigo e saiba os segredos da construção de um negócio de sucesso!

começar negócio do absoluto zero

Dica #01 – Conheça o mercado

Não adianta você começar um negócio online do zero sem antes entender pelo menos o mínimo do seu mercado de atuação.

Por isso, é super importante você inicialmente definir o seu nicho de mercado, entender o seu público e analisar a concorrência.

Uma dica que sempre gosto de passar para meus seguidores é justamente iniciar em um mercado que você se identifica, que você gosta e tem facilidade para falar.

Com essas informações em mãos você conseguirá iniciar corretamente o seu negócio.

Dica #02 – Planejamento é necessário

Não adianta só ter a vontade de fazer acontecer, é preciso acima de tudo realizar um planejamento para posterior execução.

O primeiro passo é se planejar financeiramente. Nunca comece um negócio gastando mais do que você pode pagar.

Essa dica é muito importante para a saúde financeira do seu empreendimento. Coloque no papel todos os gastos que serão necessários para que você entenda e mantenha o controle do seu dinheiro.

Veja, é possível iniciar um empreendimento digital com apenas R$100,00, mas para isso, é preciso ter metas e objetivos bem definidos, planos de contingência e principalmente a expertise necessária para colocar em prática a construção do negócio.

Dica #03 – Monte seu plano de negócios

Essa dica poderia ser acoplada ao item anterior, afinal, faz parte do planejamento do negócio.

Porém, fiz questão de colocar em um item separado para mostrar para você que um plano de negócios é de extrema importância para o sucesso do seu empreendimento.

Ah Wilker, meu negócio é digital. Não vou precisar dessa besteira toda!

Esse é um pensamento que leva muitas pessoas para o fracasso. Nunca se deve abrir uma empresa sem ter o seu modelo de negócios bem definido.

Esta é a regra clássica de qualquer negócio, seja ele digital ou físico.

No plano de negócios deve estar descrito os objetivos da sua empresa e a descrição detalhada de onde vem o capital para abertura da mesma e diversos outros itens importantes, como, por exemplo, análise de tudo que a empresa irá oferecer, quantidade de funcionários, localização, equipamentos, matéria prima entre outras coisas.

Dica #04 – Dê à devida atenção as questões burocráticas.

Não pense que só por ser um negócio digital você não terá que lidar com a burocracia brasileira.

Você precisa estar ciente das regras da sua cidade e da contribuição que você deverá fazer para o governo.

O ideal aqui é procurar orientação de um contador para poder formalizar a sua empresa tranquilamente.

Dica #05 – Trace metas

Um item muito importante de um negócio de sucesso é justamente as metas. Como bom empreendedor, você precisa traçar metas no mês e ir escalando as mesmas com o passar do tempo.

Todo negócio precisa da dedicação do seu dono para poder crescer. As metas ajudam o empreendedor a se manter focado e trabalhando para alcança-las no tempo estipulado.

Dica #06 – Disciplina é a chave do negócio

Disciplina é a chave do sucesso!

Exatamente. Trabalhar em casa pode exigir de você uma disciplina fora do comum, até por que a todo momento você será tentado a deixar suas atividades e ir assistir um filme na Netflix, sair para comer alguma coisa fora do horário das refeições e etc.

Manter-se focado vai proporcionar uma melhor produtividade, além-claro de trazer benefícios para o seu negócio.

chave do sucesso

Dica #07 – A empolgação pode ser perigosa

Cuidado com a empolgação!

Por se tratar de um negócio totalmente online você provavelmente ficará muito animado com essa proposta de trabalhar em casa e tudo mais, porém, por experiência própria, devemos frear um pouco a nossa empolgação e trabalhar com os pés no chão.

Por que falo isso? 

Simplesmente porque muitas pessoas sonham e não fazem nada para alcançar esses sonhos. Elas ficam fantasiando e super empolgadas com isso como se tudo fosse cair do céu.

Porém, já aviso para você que não será bem assim. Sonhar é importante, assim como planejar, traçar metas e etc.

Beleza Wilker, entendido. Porém, estou sem ideias para iniciar o meu próprio negócio em casa utilizando apenas a internet, poderia me ajudar?

Claro que sim! Vou listar algumas atividades que você pode exercer do conforto de casa e assim começar o seu negócio online do zero

Veja:

Ideias de negócios para trabalhar em casa

#1 – Loja virtual

Ao pensar em “trabalhar em casa pela internet“, nos remete de imediato as famosas lojas virtuais também conhecidas como e-commerce.

Se você já tiver um negócio físico, você pode simplesmente pensar na possibilidade de expandir o seu negócio ou caso contrário, você pode iniciar do zero com uma loja virtual sem precisar de um negócio físico.

O que preciso deixar bem claro, é que você precisará investir em uma plataforma para poder começar o seu empreendimento online.

Alguns exemplos são: Opencart, Magento, PrestaShop, todas elas gratuitas. O investimento aqui será necessário na questão de contratação de alguém para montar sua loja.

O mercado te oferece diversas possibilidades, inclusive você pode optar por trabalhar com as micro franquias das grandes lojas existentes. Um exemplo é a loja da Magazine Luiza, onde você pode estar solicitando a sua franquia e assim, revender os produtos dessa empresa.

#2 – Mercado Livre

Uma alternativa bastante interessante para vender produtos físicos sem a necessidade de criação de uma loja virtual é o Mercado livre.

Você poderá comercializar os seus produtos de forma totalmente rápida, simples e funcional. O interessante de trabalhar com o Mercado Livre é justamente o aproveitamento do tráfego já existente para a plataforma.

Sendo assim, mesmo que o seu produto tenha acabado de ser adicionado na plataforma, ele conseguirá ter bons índices de tráfego, devido à popularidade da mesma.

O investimento aqui é quase zero, por que existem algumas taxas que você terá que pagar, mas nada se compara ao preço que você teria que gastar ao comercializar em sua própria loja virtual.

O meu conselho é partir para uma loja virtual somente quando você já tiver um bom orçamento livre para investir na marca da sua empresa e principalmente em tráfego.

Rodrigo Vitorino explica perfeitamente bem em seu curso a possibilidade de você ganhar dinheiro com o Mercado Livre.

> Clique Aqui Para Conhecer o curso do Rodrigo <<

#3 – Marketing de afiliados

O afiliado é um profissional focado em promover produtos de terceiros em troca de uma comissão ou parte do valor do produto.

Sabe aqueles revendedores da Natura? É algo parecido com isso, porém, muito mais lucrativo.

O interessante dessa modalidade é que você pode trabalhar como afiliado de produtos físicos e digitais. Isso mesmo, Digitais.

Quando falo digitais, me refiro aos famosos infoprodutos, ou seja, produtos que não precisam de estoque e nem logística de entrega, pois sua comercialização e entrega são feitas totalmente pela internet. Alguns exemplos são: os E-books, cursos online, Vídeos, áudios e etc.

Tudo o que você precisa fazer é encontrar os programas de afiliados adequados para se trabalhar, e para isso você não precisa sair do meu blog, no artigo abaixo você encontra mais de 30 programas de afiliados que você pode estar escolhendo para começar o seu trabalho de divulgação:

>>Os 32 Melhores Programas de Afiliados da Atualidade – Guia Completo<<

Trabalhar como afiliado é muito lucrativo. Porém, você precisa conhecer as principais estratégias dessa modalidade de trabalho e principalmente os bastidores, para que assim, você possa se dar bem.

No link abaixo você encontra 13 dicas de marketing de afiliados que ainda funcionam na atualidade, veja:

>> 13 Dicas de Marketing de Afiliados que Ainda Funcionam na Atualidade <<

#4 – Produtor digital

Talvez essa seja a primeira vez que você esteja ouvindo falar sobre esse termo. Porém, nos últimos anos o que mais tenho visto é o surgimento de novos produtores no mercado digital.

Quando falo infoprodutor, me refiro às pessoas que criam o seu próprio infoproduto (produto digital) e comercializam o mesmo na internet.

Você já imaginou criar um curso online e vender o mesmo para seus seguidores? Já imaginou a possibilidade de ter milhares de afiliados divulgando o seu produto e trazendo renda constante para você e o seu negócio?

Tudo isso é possível nesse mercado. Por isso, as formas 05 e 06 são as minhas favoritas e consideradas por mim as mais lucrativas a médio e longo prazo.

Criar um infoproduto não é tão difícil, ainda mais depois do surgimento dessas plataformas que visam ajudar e minimizar o nosso trabalho. Tudo o que você precisa, é tempo, expertise e disposição para gravar, escrever e disponibilizar o seu curso na internet.

#5 – Redator Freelancer

Outra modalidade que você pode estar seguindo é de redator freelancer. Muitos blogueiros procuram esse tipo de serviço no intuito de escalar os seus negócios, e por incrível que pareça o mercado ainda carece de bons profissionais de redação web.

Para te ajudar eu recomendo dar uma lida no TextMachine do Victor Palandi,  que é um especialista nessa área de redação web.

Fora essas 5 ideias de negócio rentáveis, quero lhe apresentar uma lista completa com 16 ideias simples de implementar, veja:

>>  16 Ideias Simples e Baratas Para Trabalhar em Casa Pela Internet <<

Conclusão

Criar um negócio do zero não é uma tarefa fácil, principalmente se você não tiver a ciência de saber que precisa investir no negócio para as coisas começarem a funcionar.

Na maioria das vezes os resultados não vão surgir de uma forma tão rápida. Portanto, é preciso paciência, dedicação e  principalmente FOCO!

Uma característica impar de uma pessoa empreendedora é não fugir dos desafios e não ter medo de correr riscos. Encare esse desafio e busque hoje mesmo a sua liberdade financeira. Tudo isso só depende de você!

Para te ajudar a enfrentar essa jornada, quero indicar um curso que me ajudou absurdamente no meu inicio. Me refiro ao curso Fórmula Negócio Online 2.0 do Alex Vargas. Um curso extremamente completo que surgiu para ajudar milhares de pessoas ao redor do Brasil.

Veja:

>> Clique Aqui Para Conhecer o Curso Formula Negócio Online do Alex Vargas <<

Espero que o artigo tenha lhe motivado a dar o primeiro passo rumo ao sucesso digital.

Qualquer dúvida não deixe de perguntar. Estou aqui para te ajudar. Sempre!

Grande abraço e até a próxima!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (12 votos, média: 3,00 de 5)
Loading...