13 Dicas de Marketing de Afiliados que Ainda Funcionam na Atualidade (A Dica 09 É Salgada)

Após o sucesso do nosso artigo “Quais os melhores cursos para afiliados na atualidade“, resolvi compartilhar algumas dicas interessantes que podem fazer a diferença no seu negócio.

Trabalhar com marketing de afiliado é incrível e muito simples. Tudo o que você precisa fazer é se inscrever em um programa de afiliado, vender o produto de outra pessoa e com isso receber a comissão que é ofertada.

Uma das vantagens de se trabalhar com marketing de afiliados é justamente a questão de não ter que se preocupar com a logística de criação de um produto, ou seja, você precisará apenas gerar tráfego qualificado para a oferta do produto e se preocupar com o recebimento de comissões no final do processo. Isso torna o marketing de afiliados, uma alternativa muito boa para começar um negócio online.

O problema é que muitas pessoas associam esse mercado com a questão de ganhar dinheiro rápido e fácil, e as coisas não funcionam desta forma. Como qualquer outro trabalho, o marketing de afiliados exige esforço, dedicação e principalmente paciência. Nos bastidores do mundo dos afiliados é tudo muito diferente do que se prega por ai.

Para te ajudar nesta empreitada, resolvi compartilhar 13 coisas que sempre faço quando estou trabalhando como afiliado (também sou produtor, haha). Aproveite e salve este conteúdo em seus favoritos!

marekting de afiliados 2

O que você aprenderá nesta publicação:

  • Como configurar seu negócio para maximizar seus ganhos;
  • Como capturar mais e-mails e aproveitar ao máximo sua lista de assinantes;
  • Como rastrear links;
  • Como criar seu conteúdo e usar uma comunicação eficiente para aumentar as conversões;
  • Como usar o recurso de bônus para aumentar as vendas.

Dica # 01 – Conquiste sua Audiência

Houve uma época que era muito fácil posicionar um site, criar anúncios matadores no Facebook ou até mesmo posicionar os vídeos no Youtube. Porém, com o passar do tempo as plataformas atualizaram suas diretrizes, o Google criou o Panda, o Fred e dentre outros termos que dificultaram a vida dos afiliados.

O fato é que você não pode depender de outras plataformas para gerar tráfego para o seu negócio. O Google pode mudar o seu algoritmo, o Facebook pode alterar o seu alcance em um dia (isso aconteceu recentemente) e as novas redes sociais podem fechar as portas a qualquer momento.

É por isso que você tem que conquistar sua audiência desde já!

Audiência fiel versus Bridge Pages

No marketing de afiliados, você pode possuir certa audiência, ou você pode alugar essa mesma audiência momentaneamente através das Bridge Pages.

Vamos tentar entender o que isso significa:

O que são Bridge Pages?

Bridge Pages são páginas de entrada, cujo principal objetivo é levar os usuários para sites de terceiros.

Essas páginas são criadas apenas para capturar o tráfego do mecanismo de pesquisa e desviá-lo para uma oferta de afiliado.

Os visitantes não interagem com essas páginas. Eles entram, passa alguns segundos, clica em um link e sai. Nesse modelo de negócio, você está apenas alugando o público momentaneamente.

Como você pode imaginar, as bridge pages não oferecem uma excelente experiência de usuário. Portanto, muito provavelmente você não será lembrado por ser dono daquela página e muito menos por ofertar um conteúdo de qualidade.

O que é uma audiência fiel?

No marketing, uma audiência na qual você tem acesso direto e que é gerado através de suas próprias propriedades é chamada de audiência fiel.

Com esse tipo de audiência, você não precisa se preocupar com outras plataformas. Mesmo que o Google, Facebook e etc mudem seus algoritmos, você ainda pode se comunicar com essa audiência por meio de e-mails, artigos do blog, notificações push e etc.

Um público fiel é poderoso pelo simples fato de você manter um relacionamento com eles e se importar com o conteúdo que eles consomem!

Essa é a diferença básica de uma Bridge Page para uma audiência fiel.

Por que você deve conquistar sua audiência na atualidade?

  • Maior estabilidade: Como você não confia em um único canal de tráfego, você pode sobreviver a qualquer mudança repentina nas politicas das plataformas.
  • Realizar mais vendas: O publico confiará em você e naquilo que você está compartilhando.

Para finalizar a nossa primeira dica, é importante você fidelizar sua audiência para não depender sempre de plataforma de terceiros. Utilize o e-mail marketing e os perfis sociais para popularizar seu conteúdo e consequentemente trazer mais seguidores para o seu negócio.

Uma das estratégias que utilizo aqui no meu negócio é oferecer cursos gratuitos para meus seguidores por meio do site: https://www.cursos.wlconsultoria.net/ 

Quando as pessoas se inscrevem nos respectivos cursos, eu meio que fidelizo aquela pessoa pelo cadastro ativo na plataforma, e assim, vou fazendo um trabalho de comunicação com a mesma.

Dica # 02 – Tenha sempre uma oferta de backup

oferta de backup

Há muitas coisas que podem matar uma campanha de marketing bem sucedida:

  • O produto que você divulga é retirado do mercado;
  • O proprietário do produto altera os termos de pagamento, tornando sua campanha insustentável;
  • A taxa de conversão cai à medida que o mercado fica saturado com a oferta;

E assim por diante.

Qualquer um destes problemas pode acontecer a qualquer momento e as consequências podem ser catastróficas para o seu negócio.

Qual a melhor maneira de evitar esse desastre?

Simples: sempre tenha uma oferta de backup!

Uma oferta de backup é exatamente uma oferta secundária à sua principal.

Por exemplo, se você estiver indicando cursos online para afiliados, sua principal oferta será o curso Demolição Digital do Anderson Chipak. Como oferta de Backup, você pode oferecer aos visitantes o curso Formula Negócio Online do Alex Vargas.

Obviamente que você deve sempre ter em mente o interesse do seu leitor, não apenas as comissões.

Possuir uma oferta de backup tem três benefícios principais:

  1. Seguro: caso sua oferta principal falhe ou altere seus termos, você tem uma alternativa pronta como seguro;
  2. Mais Vendas: você pode oferecer alternativas e alcançar um público maior. Se alguém já comprou a oferta A, você pode segmentá-los para a oferta B;
  3. Melhor previsão de conversão: Você pode testar várias ofertas entre si para ver a que mais converte.

Dica # 03 – Acompanhe seus links

Se existe um grande erro no marketing de afiliados que você pode estar fazendo, é justamente o de não acompanhar os seus links.

É simples: se você não rastrear seus links, você não saberá de onde sua venda veio. Se você não sabe de onde sua venda veio, você não tem ideia do que está funcionando ou não.

O acompanhamento dos links ajuda você a:

  • Saber quais palavras-chave converte melhor;
  • Acompanhar quais páginas traz a maior receita;
  • Analisar quais canais de comercialização oferece o melhor ROI;
  • Detectar se as empresas estão trapaceando e consequentemente não creditando suas comissões.

Simplificando: marketing de afiliados sem rastreamento de links é como dar tiros no escuro!

Como controlar seus links

Antigamente isso costumava ser uma grande dor de cabeça. Hoje em dia, possuímos algumas ferramentas que facilitam todo este processo.

Recomendo a instalação e utilização do plugin Relink, no vídeo abaixo você entenderá melhor como utiliza-lo:

Dica # 04 – Use iscas digitais diferentes para segmentar seu público

Uma coisa é certa, seu público é complexo! Diferentes visitantes do seu site estão interessados em coisas diferentes. Pode ser um blogueiro novo na esperança de aprender a escrever uma postagem no blog. Outro pode ser um comerciante experiente à procura de novas estratégias de marketing por e-mail.

Como entender esse público e dá o que ele quer?

Resposta: segmentando o público com iscas digitais diferentes.

As iscas digitais funcionam maravilhosamente bem para capturar e-mails. Mas elas também são muito úteis para dividir sua audiência em diferentes grupos de interesse.

Para entender isso, considere um exemplo aqui mesmo do blog.

Dê uma olhada em nossas categorias:

Categoria mais e-mails:

categoria e-mails

Categoria mais conteúdo:

categoria mais conteudo

Na primeira categoria eu falo sobre e-mail marketing e ofereço uma isca digital sobre tal. Na segunda categoria da mesma forma, eu falo sobre marketing de conteúdo e ofereço uma isca voltada para o mesmo assunto.

Fazendo isso, eu automaticamente segmento meu público de acordo com o interesse no assunto especificado.

Quando você consegue implementar algo deste tipo, sua comunicação perante a divulgação das ofertas de afiliado se torna mais eficiente, pelo simples fato de você direcionar as ofertas de acordo com o público alvo.

No vídeo abaixo eu mostro o plugin que me possibilitou inserir esses widgets segmentados:

Recentemente eu escrevi um estudo de caso aqui do blog, mostrando como aumentei em mais de 300%  a minha lista de contatos, dar uma olhada neste material:

>>Clique Aqui Para Ler o Material<<

Dica # 05 – Link para ofertas relevantes na página de obrigado

fazer pesquisa de palavras-chave no youtube

Esta é uma dica bem simples, mas muitos ignoram. Coloque uma oferta de afiliado na sua página de agradecimento.

Pense nos passos que um visitante dar até chegar à sua página de obrigado:

  1. Digita o e-mail na página de captura;
  2. Clica no link de confirmação no e-mail que chegou à caixa de entrada;
  3. É redirecionado para a página de download e agradecimento.

São apenas três ações para chegar nesta página. Como eles já deram os seus e-mails, as chances de eles realizarem uma compra é muito grande.

Isso torna o momento perfeito para impulsionar uma oferta. Para potencializar ainda mais esta estratégia, tente divulgar um produto de ticket baixo (de R$ 7,00 à R$ 12,00). As conversões irão aumentar significativamente.

Veja o exemplo aqui do blog: Clique Aqui

Dica # 06 – Mostre seu rosto e personalidade

Se você leu a nossa postagem sobre os 38 melhores sites e artigos de marketing digital, deve ter notado que quase todos os blogueiros mostrados colocam seu rosto em evidência em seus respectivos blogs.

Henrique Carvalho do Viver de Blog:

henrique carvalho

Conrado Adolpho:

Wilker Costa:

wilker costa

É muito claro que blogueiros bem-sucedidos não se escodem atrás do anonimato. Seus blogs têm um rosto e uma personalidade.

Existem quatro boas razões para fazer isso:

  1. As pessoas lembram-se dos rostos mais do que dos nomes;
  2. Destaque-se da multidão. Um rosto e uma personalidade real ajudam você a se destacar dos concorrentes;
  3. Ajuda os leitores a se relacionarem com você;
  4. As fotos reais aumentam sua credibilidade.

Dica # 07 – Mostrar o uso real do produto divulgado

Esta dica é exclusiva para aqueles afiliados que querem se diferenciar da multidão. Se você deseja aumentar as conversões e de fato se tornar uma autoridade neste mercado, você precisa passar segurança para seus clientes.

Quando você compra o produto que está divulgando e atesta que o mesmo funciona para aquele objetivo, você consegue passar um sentimento de segurança para sua audiência, e isso meu amigo, vende muito!

Por isso, a dica 07 é: se possível compre o produto que deseja divulgar e passe sua experiência pessoal para sua audiência.

É importante destacar que você não precisa sair comprando todos os produtos que for divulgar (se você for milionário, fique a vontade), porém, é importante você construir campanhas de divulgação mais sólidas no intuito de mostrar sua experiência com determinados produtos.

Aqui no blog mesmo eu mostro no artigo “os melhores cursos para afiliados da atualidade“, 05 cursos que eu fiz e que me ajudaram a chegar neste patamar. Ao passar minha experiência pessoal nestes cursos, eu consigo vendê-los com muito mais facilidade.

Dica # 08 – Mostre os benefícios do produto em vez dos recursos.

Se você já fez um curso de copywriting, você já sabe disso até melhor do que eu. Foque nos benefícios e esqueça os recursos da ferramenta, produto e etc.

Pense no último e-book que você comprou. Você comprou porque tinha mais de 100 páginas, um bom design de capa e uma página de vendas bem feita, ou você comprou porque resolveu um problema real?

Benefícios é a razão pela qual as pessoas compram coisas. Os recursos são agradáveis de ter, mas são redundantes, a menos que eles resolvam um problema real.

A Apple é mestre nisso. Todo produto que a empresa vende se concentra nos benefícios de possuir um produto Apple. A Apple raramente se concentra nos recursos (RAM, processador, etc) e, quando o faz, é apenas para destacar como esses recursos ajudam a resolver problemas.

No mercado, no entanto, muitos afiliados se concentram nas características de um produto. Já fiz isso também, é normal no inicio, mas depois que li o E-book do Jordão, minha abordagem mudou e consequentemente trouxe mais resultados para o meu negócio.

O importante aqui é você saber que seus clientes não se preocupam muito com recursos. Tudo o que eles querem saber é como essas mais de 200 páginas de conteúdo resolverão seus problemas.

Veja um exemplo:

Digamos que você está divulgando o plugin Thrive Leads:

  1. Recurso: “Janela popup com testes A/B”;
  2. Benefício: “Aumento nas taxas de conversão”;

Dica # 09 – Adicione um pouco de SAL na ferida

sal na ferida

Com base na dica 08, podemos afirmar que as pessoas compram produtos por causa dos problemas que pretendem resolver.

Portanto, é crucial olharmos como estrategistas e tentar vender uma solução para esses problemas.

Para vender, você deve enfatizar a dor (problema), então, oferecer uma solução. Para fazer isto no marketing de afiliados, basta seguir estes três passos:

01 – Lembre as pessoas do problema e amplie-o

No fundo, todos sabem que temos problemas.

Sabemos que devemos trabalhar. Comer melhor. Preocupar-se menos.

Mas concentrar-se nos problemas é doloroso, e é por isso que tendemos a esquecê-los.

O primeiro passo no seu processo de vendas, portanto, deve ser lembrar as pessoas que seus problemas existem. Afinal, se eles não sabem que o problema existe, você não poderá vender uma solução, concorda?

Por exemplo, se você estiver vendendo um produto de perda de peso, você pode lembrar as pessoas de como o excesso de peso os afeta. Você pode dizer algo como:

“O excesso de peso triplica seu risco de doença cardiovascular e diminui a expectativa de vida em mais de 10 anos”

Quando você estiver usando essa tática, não tente ser “agradável”, mas também use argumentos que sejam claros de  fato.

02 – Diga às pessoas como sua vida melhorará se resolverem o problema

O próximo passo é dizer às pessoas os benefícios de se livrar do problema.

Isso é importante porque empurra as pessoas da dor do problema para a possibilidade de resolver o problema – um passo necessário para vender uma solução.

Por exemplo, para um produto de perda de peso, você poderia dizer para as pessoas algo como:

“Estudos mostram que as pessoas que reduzem o peso têm maior mobilidade, mais energia e maior satisfação da vida”.

03 – Ajudem as pessoas a visualizar sua vida após o problema ser resolvido, então, empurre-os para a solução.

O terceiro passo é ajudar as pessoas a visualizar como seria suas vidas se fossem capazes de resolver o problema.

Por exemplo, você pode dizer às pessoas algo como:

“Imagine sua vida sem peso extra. Você tem mais energia para passar um tempo de qualidade com sua família, seus amigos não conseguem parar de falar sobre o quão bom você parece, e você pode participar das atividades que você ama”.

Isso não é suficiente. Você precisa trazer seus leitores de volta à realidade, lembrando-lhes que o problema ainda existe e, a menos que tomem medidas concretas para resolvê-lo, ele voltará a persegui-los.

A solução, é claro, é o produto que você está divulgando.

Para recapitular, a venda é um processo de três passos:

  1. Concentre-se na dor que o problema causa;
  2. Enfatize a melhoria da qualidade de vida após o problema ter desaparecido;
  3. Ajude as pessoas a imaginar suas vidas melhores, então lhes diga como elas podem alcança-la com seu produto.

Todo esse processo de venda e persuasão está bem explicado no e-book copywriting do Jordão Félix. Um material fantástico que me ajudou bastante na minha comunicação com os clientes.

>>Clique Aqui Para Baixar o E-book<<

Dica # 10 – Crie Vídeos

Você sabia que o segundo maior mecanismo de busca do mundo é o Youtube?

Pois é, só perde para o próprio Google.

Mediante esta informação, você não pode ignorar essa potente ferramenta de tráfego.

Além do tráfego, gravar vídeos para o Youtube aumenta sua influência e autoridade no mercado.

A melhor parte disso tudo é que você nem precisa ser bom em gravação de vídeos para ganhar dinheiro como afiliado desta plataforma.

Você pode gravar apenas um screencast simples e ganhar dinheiro com isso de forma exorbitante.

Veja o meu exemplo, eu ganhei mais de R$ 9 mil reais vendendo um template, e uma das técnicas que utilizei foi um screencast no Youtube, veja:

Tudo o que você precisa para ter sucesso nesta plataforma é perder o medo de gravar e colocar a mão na massa. No artigo abaixo eu listo os 11 maiores segredos de como obter tráfego e vendas com esta plataforma, dar uma olhada:

>>CLIQUE AQUI PARA LER O ARTIGO<<

Dica # 11 – Responda as perguntas dos seus seguidores

Muitos afiliados não enxergam esta oportunidade. Diariamente sou bombardeado com diversas dúvidas que assombram o marketing de afiliados, e posso afirmar pra você que amo receber esses questionamentos. Sabe por quê?

Porque quando respondo, estou automaticamente elevando a minha autoridade no mercado e consequentemente gerando confiança para com aquele seguidor. E não sei se você sabe, mas autoridade + confiança venda pra caramba!

Existem diversas plataformas que você pode utilizar para responder as dúvidas. Aqui estão algumas:

Dica # 12 – Bônus de oferta

bônus para clientes-min

Como atuante no marketing de afiliados, você está competindo com centenas de outros afiliados para o mesmo tráfego.

Como você pode convencer um comprador a comprar de você em vez dos outros?

Fácil: ofertando bônus!

Um bônus é essencialmente um incentivo relacionado ao produto. Pode ser qualquer coisa – um guia de estratégia adicional, uma checklist, um tutorial em vídeo, um curso em vídeo – desde que seja legal.

No entanto, é importante criar os bônus certos para maximizar a renda final.

Veja um exemplo aqui mesmo no blog, no artigo de conversão que faço sobre o template épico eu ofereço como bônus um minicurso completo ensinando a configurar o mesmo.

>>CLIQUE AQUI PARA VER O EXEMPLO<<

Esse tipo de bônus é poderoso, pois além de estar relacionado com o produto principal, ele vai de graça para o comprador!

Dica # 13 – Obtenha promoções especiais e adicione escassez

Seus clientes são preguiçosos. Mesmo que tenham 100% de certeza que desejam comprar um produto, eles sempre vão deixar pra depois.

O grande problema é: como convencê-los a comprar de você hoje e não deixar pra amanhã?

Aqui entra a dica número 13. Você precisa oferecer um desconto (mesmo que o produto não seja seu, explico já) e ao mesmo tempo utilizar o gatilho mental da escassez.

Para que esta estratégia funcione, você precisa seguir duas etapas:

01 – Considere negociar um desconto com o proprietário do produto que você está divulgando. Se você tem um público consistente e um alto poder de engajamento com o mesmo, você pode utilizar este argumento para barganhar o desconto com o produtor.

02 – Ao conseguir um desconto com o produtor, você deve deixar bem claro para sua audiência que aquele desconto tem prazo de validade. Portanto, ao utilizar a escassez, a taxa de conversão tende a subir e consequentemente ambas as partes (produtor e afiliado) ficarão felizes.

Concluindo…

O marketing de afiliados tornou-se muito mais complexo nos últimos anos e isso é bom, pois mostra que o mercado está evoluindo.

O fato é que mesmo com essa evolução, essas dicas repassadas neste artigo se aplicadas da forma correta, ainda funcionam muito bem. Portanto, aplique-as no seu negócio e depois me agradeça pelos insights apresentados aqui.

Agora eu gostaria de saber se você tem alguma outra dica que não foi mencionada aqui, poderia compartilhar conosco?

Grande abraço e até a próxima!

  • Gostei demais do artigo!

    Concordo que seja natural que as coisas fiquem diferentes no marketing de afiliados com o passar do tempo.

    Isso mostra que o mercado está saudavel e em constante desenvolvimento.

    Agora, assim como na natureza, existem tbm as leis do mercado.

    Tráfego, autoridade e copywriting sempre vão ser a base do negócio. E essas 13 dicas que vc deu estão intimamente ligadas a esses pilares.

    Ter sucesso no marketing de afiliados passar por entender esses fundamentos e aplica-los. Em qualquer época que essa sempre será a base.

    Parabéns pelo conteúdo e pelo blog.

    Tá muito show!

    Um abraço,
    Hugo

    • Fala Hugo, tudo joia meu amigo?

      Cara, concordo com tudo que você falou. Realmente esses pilares sustentam qualquer negócio na internet.

      Obrigado pelo feedback e sucesso em sua caminhada. 😀