Como Fazer um Guest Post de Sucesso em Apenas 04 Passos Simples

Você sabe o que é Guest Post? Sabe o poder que esta estratégia tem atualmente nos negócios digitais? Não?

Pois bem, faça o seguinte: pegue um café, sente e leia esse artigo até o final para entender essa estratégia e de como você pode estar colocando a mesma em prática ai no seu negócio.

O fato é que escrever artigos como convidado em blogs de terceiros é a chave para obter tráfego gratuito e QUALIFICADO. Sabe por quê?

Porque o tráfego oriundo dessas postagens é específico, direcionado para o seu mercado de atuação e extremamente quente.

As pessoas que chegam ao seu site através de um Guest Post não só querem estar lá, como também, irão gostar de você e do seu conteúdo. Eles irão te ver como uma autoridade, e isso é muito poderoso.

Então veja bem, se você ainda não fez nenhuma postagem como convidado em blogs de terceiros, você praticamente está perdendo muito tráfego e consequentemente dinheiro.

Quais os benefícios do Guest Post?

O que torna o Guest Post tão importante? É bem simples, veja:

  • Tráfego: o principal benefício do Guest Post é a geração de tráfego gratuito para o seu negócio. Além disso, esse tráfego é segmentado e qualificado.
  • Autoridade: sua audiência verá você como uma pessoa de autoridade pelo simples fato de você estar postando conteúdo de valor em blogs de renome no mercado.
  • Rede: você se conectará com pessoas e com públicos existentes, que irão promovê-lo. E, se o seu trabalho for realmente bom, as pessoas começarão a te seguir sem pensar duas vezes.
  • Assinantes: agora imagine os três benefícios acima unidos? Logicamente, isso significará mais assinantes em sua lista de e-mail marketing, e você como bom marqueteiro, saberá que quanto mais assinantes, mais dinheiro você poderá fazer.

Agora, se você não der a mínima para os itens acima, por favor, feche o navegador e vá embora, pois esse mercado não é para você.

Caso contrário, continue a leitura, pois irei mostrar para você como criar um Guest post de sucesso em apenas 04 passos simples.

O que você aprenderá com esse artigo…

  • Onde encontrar blogs que valem o seu tempo e esforço para poder postar os seus artigos;
  • Uma estratégia simples para gerar tópicos incríveis que os blogueiros irão adorar;
  • Maneiras rápidas e fáceis de gerar valor e ser chamado de volta para mais postagens como convidado.
  • Como escrever um guest post poderoso que vai trazer tráfego recorrente para o seu negócio.

Primeiro passo: Organizando a casinha

como criar um guest post de sucesso

Antes de começar a escrever para outras pessoas, você precisa ter certeza que o seu site / blog está bem estruturado para receber as visitas provenientes dos guest posts.

Por quê?

Porque você quer que as visitas pousem no seu site e fiquem lá, correto? Ou no mínimo, que se inscrevam em sua lista de e-mail.

Eu criei uma lista de verificação rápida para te ajudar nessa parte de organização, dar uma olhada:

#01: Tenha um blog autônomo

Os blogueiros que levam o seu trabalho a sério possuem um domínio com seu nome. E você?

Muitos blogs não aceitarão postagens de pessoas que ainda estão em um site “.wordpress.com” ou “blogspot“. Portanto, se quiser ter sucesso com essa estratégia, você precisará ter um site profissional.

#02: Tenha uma página de pouso configurada

É necessário ter algo de valor no seu site quando ele começar a ser visitado pela audiência dos guest posts. O que significa que você precisa de uma das seguintes opções:

Opção 1 – Página de captura

Uma página de captura simples, mas com uma incrível isca digital gratuita para se juntar à lista de assinantes. Veja um exemplo >>aqui<<

No artigo abaixo eu mostro como criar uma página de captura de forma bem simples:

>>Clique Aqui<<

Opção 2 – Pelo menos 01 mês de conteúdo

Certifique-se de ter quatro ou cinco (ou mais) postagens em seu site, pelo menos, para que as pessoas possam ler e interagir quando clicam.

#03: Tenha um template premium

Você pode estar pensando assim: “Ah, o meu conteúdo é bom, então não preciso gastar dinheiro em um tema pago“.

Beleza, nada contra. Agora veja bem, se o dono do blog ao qual você deseja postar um artigo como convidado achar que não vale a pena linkar para o seu site, pelo simples fato de o design não ser tão bacana, ele pode simplesmente lhe dispensar.

Portanto, veja isso como um investimento e não um gasto desnecessário. No artigo abaixo eu listo os melhores templates desse mercado que você pode utilizar para profissionalizar o seu projeto.

>>Clique Aqui Para Ler o Artigo<<

Veja no vídeo abaixo a importância de ter um template pago e os resultados que o mesmo pode trazer:

#04: Prática da escrita

Com que frequência você escreve?

Você não precisa ser um expert, mas você precisa praticar para ter o hábito de escrever. Quanto mais você escreve, melhor você fica.

Se você não está confiante em suas habilidades de escrita, tente isso:

  • Reserve algum tempo todos os dias;
  • Escreva no mínimo 500 palavras por dia sobre qualquer coisa;
  • Certifique-se de que pelo menos três desses dias sejam destinados a conteúdos do seu nicho de mercado;
  • Repita isso por um mês.

Tenho um artigo que talvez possa te ajudar. Nesse material eu compartilho as 05 fases essenciais para um post memorável.

Segundo passo: Encontrando o(s) Blog(s) Certo(s)

O seu site está pronto? Boa. Agora é hora de começar a procurar os blogs onde você pode fazer as parcerias.

busca de blogs para guest post

Ao procurar os blogs você deve focar nessas três categorias distintas:

  • Blogs de iniciantes: Lugares que são compostos principalmente por postagens de convidados. A aceitação é mais fácil. Isso não significa que o conteúdo é de menor qualidade, mas será mais fácil de ser bem recebido pelo blogueiro.
  • Blogs pessoais: por se tratar de blogs pessoais, é bem mais difícil as pessoas aceitarem o seu guest post nessa categoria. Você precisará comprovar que já escreveu em outros grandes portais e que o seu conteúdo é de qualidade.
  • Blogs populares: estes são os blogs que já possuem uma grande audiência em seu nicho. Logicamente, são mais rigorosos, porém, se conseguir um guest post, é certo que o seu projeto ganhará um bom tráfego.

Agora fica o questionamento, qual categoria escolher?

Se você está apenas começando, concentre-se nos blogs dos iniciantes. Se você já tem certa experiência em guest post, procure os blogs pessoais para alastrar sua marca. Se você é um blogueiro popular, por que ainda está lendo essa postagem?

Como encontrar um blog para escrever guest post?

Mesmo que haja milhões de blogs em toda a internet, na verdade, encontrar um blog para escrever como convidado não é tão difícil assim.

Lógico que você pode acabar passando horas buscando um blog para no final obter quase nenhum resultado satisfatório. Porém, não queremos que isso aconteça, certo? Por isso, eu vou te apresentar três maneiras de encontrar um blog:

#01: Pesquisa refinada no Google

O Google é a opção mais óbvia, certo?

Nesse ponto inicial você pode pesquisar por tópicos mais específicos sobre os quais você gostaria de escrever. Por exemplo:

  • Marketing de afiliados;
  • E-mail marketing;
  • Copywriting

Ao realizar uma pequena pesquisa por marketing de afiliados eu acabei encontrando os seguintes resultados:

marketing de afiliados resultados

Ainda vou explicar como fazer a abordagem nos proprietários dos blogs, porém, de antemão, saiba que todos esses sites mostrados na pesquisa podem ser explorados por você e podem se tornar possíveis parceiros no que tange a troca de conteúdo.

#02: Google “escreva para nós” + Tópico

Deseja ignorar todas as adivinhações e encontrar as páginas “sobre” ou “escrever para nós”? Este truque de pesquisa simples apenas lhe retorna uma lista de blogs que aceitam postagem de convidados.

Basta digitar: “Escreva para nós” + [Seu tópico] e aparecerão todas as páginas relevantes que podem ser utilizadas por você:

blogs que aceitam guest post

#03: Publicações influenciadoras

De vez em quando, um site em seu nicho colocará uma postagem sobre os melhores sites existentes para aquele nicho e assunto. Eu mesmo já fiz isso, >>veja aqui<<

Baseado nisso, você pode anotar esses sites e posteriormente entrar em contato para tentar ver a possibilidade de redação de um guest post.

Agora, antes de realmente entrar em contato com o dono do site, você precisa verificar algumas coisas para ter certeza de que aquele site realmente é valioso.

Veja o que você deve fazer para validar um site:

Eles aceitam comentários de visitantes?

Veja bem, se o blog não está explicitamente afirmando que não aceita guest post, é por que existe a esperança remota de que o proprietário aceite o seu conteúdo.

Para verificar se o mesmo aceita ou não novos comentários nas postagens, basta visitar o blog e clicar em algum artigo e verificar a disponibilidade do campo de comentários.

Eles possuem uma presença social?

O blog em si não precisa de uma presença social maciça. Mas seria muito interessante você saber que quando o seu conteúdo for postado e compartilhado, várias pessoas irão tomar conhecimento da existência do mesmo pelas redes sociais.

#04: Confira a nossa listagem de blogs

Para tentar ajudar a comunidade eu resolvi criar um espaço com todos os blogs que aceitam guest posts na atualidade.

Você poderá tanto visualizar a lista com todos os blogs cadastrados e/ou poderá cadastrar o seu próprio blog para receber guest posts.

Veja:

Clique Aqui Para Acessar a Relação dos Blogs

Você pode também entrar em contato comigo para deixar o seu artigo aqui no blog. Basta apenas seguir as regras listadas >>nessa página<<. Feito isso, eu entrarei em contato com você para viabilizarmos uma boa parceria.

Terceiro passo: Como entrar em contato com o proprietário do blog?

marketing digital - guest post

Olha tenho que revelar algo pra você. No inicio não é muito fácil ser aceito como blogueiro convidado. Eu já levei vários nãos (assim como, eu também dei vários nãos, rsrs).

O que pode e vai fazer a diferença nessa etapa do processo, é a forma com a qual se comunica com o proprietário do blog. Essa comunicação faz toda a diferença.

Vou te passar algumas dicas que podem te ajudar bastante nessa etapa…

Primeiro, tente achar o nome do proprietário do blog. Como assim Wilker?

Simples, você prefere enviar um e-mail do tipo:

Olá, tudo bem?

ou

Olá Wilker Costa, tudo bem? 

Saiba que ao se referir pelo nome da pessoa, é criado um tipo de aproximação inconsciente entre os agentes da situação.

E se eu não encontrar o nome do proprietário?

Não tem problema. Isso não é uma regra, mas ajuda bastante na hora da abordagem. Vou mostrar exatamente como eu faço para abordar os blogueiros que pretendo manter uma parceria, porém, já aviso que você deve exercitar a sua criatividade e não ficar preso ao meu método.

Parte 01: Título

É aqui que você precisa chamar a atenção da pessoa. Se ele não abrir o seu e-mail, com certeza não aceitará sua participação como blogueiro convidado, correto?

Eu sempre utilizo algo parecido com:

“Oportunidade de Guest Post?”

É simples e direto ao ponto. Você não precisa enrolar nessa parte, apenas seja honesto no que está procurando.

Não tente usar o Clickbait aqui, isso acabará prejudicando a sua estratégia.

Parte 02: Introdução

Uma vez que ele abrir seu e-mail, você precisa fazer com que ele continue lendo a próxima linha.

Novamente, isso deve ser curto e direto ao ponto. Veja um exemplo:

Eu sei que você deve estar recebendo muitos e-mails, por isso, serei breve…

Meu nome é Wilker Costa, dono do blog wilkercosta.net. Estou te enviando esse e-mail para perguntar se existe a possibilidade de eu estar escrevendo um guest post para o seu blog?

  • Peça uma pequena parte do seu tempo (diretamente ou indiretamente);
  • Diga quem você é;
  • Informe o motivo do e-mail;
  • Pergunte sobre a possibilidade do Guest Post

Parte 03: Por que ele deve se importar?

Se ele continuar lendo o seu e-mail, é sinal de que as coisas estão indo bem e que ele deseja saber um pouco mais sobre o seu trabalho.

O seu desejo é que ele aceite a parceria e que você possa escrever o quanto antes, correto?

Para isso, você pode utilizar um poderoso gatilho mental conhecido como prova social, e enviar os links dos artigos mais populares do seu blog ou links de outros guest posts que você já escreveu.

Fazendo isso você irá provar com resultados que o seu conteúdo é bom e que vale a pena ser colocado no blog dele.

Parte 04: concluindo o e-mail

Isso pode parecer apenas uma pequena parte do processo, mas é fundamental para obter o retorno.

Você não quer terminar falando algo parecido com: “Bem, obrigado pelo seu tempo – eu realmente espero que você retorne o contato – mas, tudo bem se você não fizer isso, afinal, o seu tempo é escasso.

Em vez disso, você pode escrever algo parecido com isso: “Tenho certeza que você vai adorar o meu conteúdo e sua audiência mais ainda. Vamos fazer um teste? Você não vai perder nada!

Quarto passo: criando um conteúdo épico

conversao-por-e-mail3

Quando você cria um Guest Post, você o criou por dois motivos:

  1. Para escrever um conteúdo épico para o blog em questão;
  2. Para que as pessoas voltem ao seu blog;

Muitas vezes você comete o erro de focar somente em um desses elementos. Você escreve uma postagem que satisfaz a audiência ou escreve algo que faça com que as pessoas visitem o seu blog. Raramente você consegue fazer as duas coisas.

Então como fazer isso?

É o que pretendo mostrar agora…

Parte 01: Identificando o público

Antes de poder criar um conteúdo épico, você precisa saber para quem diabos você está escrevendo. Porque simplesmente não faz sentido escrever um conteúdo com mais de 2.000 palavras para um público considerado “cego”.

Você precisa descobrir para quem você está escrevendo. Porque eles podem não ser exatamente o mesmo público que você já tem no seu site.

Você está procurando por:

  • Gênero;
  • Interesses;
  • Senso de Humor
  • Eles preferem histórias, dados rígidos, fictícios ou ambos?

Onde você descobre isso?

Um dos lugares mais ricos em informações sobre os gostos do público do blog é nos comentários.

Ao olhar para essa área, você poderá descobrir quem são os leitores, suas preferências, suas opiniões e se estão gostando do blog ou não.

Leia alguns artigos do blog em questão e tente entender para qual perfil de público eles foram criados. Às vezes com uma simples leitura, você consegue entender o real direcionamento do conteúdo.

Parte 02: o que eles querem ler?

Ok, então agora você já sabe quem eles são, você precisa decidir sobre o que eles querem ler. Felizmente, o público pode ser realmente transparente sobre isso.

O que os leitores fazem quando amam um conteúdo?

  • Eles compartilham o mesmo;
  • Eles comentam sobre isso.

O que eles fazem quando estão interessados em um tópico?

  • Eles falam sobre;
  • Eles pedem isso.

Criar conteúdo é muito mais fácil quando você se lembra de tudo isso. Tudo o que você precisa encontrar é algo que é:

  • Altamente compartilhado;
  • Bem comentado;
  • Causou uma discussão;
  • Foi falado diretamente sobre.

Para tópicos altamente compartilhados…

A melhor maneira de encontrar as postagens mais compartilhadas para seu público é usar o BuzzSumo.

Basta digitar a URL do site, e você encontrará as postagens mais compartilhadas para o ano passado, seis meses, mês atual e nas últimas 24 horas. Agora você conhece os tópicos sobre os quais aquela audiência gosta de ler e compartilhar.

print viver de blog

Parte 03: criando um artigo épico

Essa parte daria muito bem um artigo de no mínimo 3.000 palavras, concorda? Pois bem, eu fiz isso! Ao clicar no link abaixo você terá acesso a um artigo completo de como criar um artigo perfeito:

>>Clique Aqui Para Ler o Artigo<<

Vou fazer um pequeno resumo do que você precisa fazer, mas se ler o artigo que compartilhei acima, pode pular essa parte.

Ai vai um vídeo que pode te ajudar nessa tarefa:

#01: Criar um título impressionante

O seu guest post não terá serventia nenhuma se ninguém o lê. Então, você precisa criar uma manchete que literalmente chame a atenção.

Eu criei um guia completo sobre isso que pode te ajudar, dar uma olhada >>aqui<<

#02: Não se preocupe com o comprimento

A menos que você realmente tenha recebido como regra uma contagem inicial de palavras, esqueça que seu artigo precisa ser longo. Preocupe-se com a qualidade do conteúdo e não o seu tamanho.

#03: torná-lo acionável

Uma postagem  não serve para nada se não for acionável. O leitor deve deixa sua postagem com o sentimento: “UAU, eu vou fazer isso agora mesmo!“.

Esses são apenas alguns pontos que podem melhorar a sua escrita. Leia o artigo que indiquei que tenho absoluta certeza que você conseguirá escrever artigos sensacionais para a sua audiência.

Conclusão…

Espero que o artigo tenha te ajudado a entender como funciona esse negócio de Guest Post e como essa estratégia pode ser benéfica para o seu empreendimento.

Só lembrando que faz certo tempo que abri o espaço para postagens de terceiros aqui no blog. Para deixar sua marca aqui e aproveitar o tráfego oriundo dos meus canais de comunicação, basta apenas seguir as regras dessa >>página<<

Agora me deixe saber, você está utilizando essa estratégia em seus negócios? Qual a sua experiência com essa técnica? Deixa um comentário com sua resposta.

  • Que artigo completo Wilker Costa, estava procurando realmente umas dicas para poder fazer Guest Post que fosse de qualidade. Vou utilizar essas dicas e também os endereços que você disponibilizou para sites que aceitam Guest Post.