Como encontrar palavras chave eficientes – o guia absolutamente completo

Palavras-chave são como uma bússola para suas campanhas de SEO. Simplesmente elas lhe orientam no caminho certo a se seguir. Tanto que o primeiro passo em qualquer projeto que envolva SEO é justamente a busca e como encontrar palavras chave eficientes para seu sucesso a médio e longo prazo.

Nesse guia pretendo apresentar várias estratégias de Keyword Research e de como você pode usar essas estratégias para encontrar palavras-chave poderosas para o seu negócio.

Basicamente, veremos:

Para se beneficiar de palavras-chave, você precisa saber como encontrá-las e acima de tudo como usá-las.

Se você puder dominar a arte de encontrar palavras-chave eficientes para o seu negócio – você não só se beneficiará de mais tráfego – mas também conhecerá seus clientes melhor do que sua concorrência.

Apesar da importância dessa seleção de palavras, o processo que todo mundo utiliza é quase o mesmo para achá-las:

# passo 01: Começa-se com algumas palavras-chave que os potenciais clientes podem procurar;

# passo 02: Joga as palavras no GKP (Google Keyword Planner);

# passo 03: É escolhida uma palavra-chave baseada numa combinação vaga do volume de pesquisa e intenção de compra.

Bom, esse panorama vai mudar a partir de agora!

Por que agora você tem um guia absolutamente completo em mãos para poder utilizar e angariar palavras-chave eficientes para o seu negócio.

Antes de abrir uma ferramenta qualquer de busca de palavras-chave você precisa saber que existem os chamados “tópicos de nicho” que em suma, são palavras-chave inexploradas pela sua concorrência.

Veja como isso é importante:

Tópicos de nicho: o inicio da busca pelo “ouro”

como encontrar palavras-chave eficientes

Como mencionei anteriormente, a maioria das pessoas inicia o processo com uma ferramenta de pesquisa de palavras-chave, como o Google Keyword Planner (GKP).

Não vou dizer que buscar palavras-chave no GKP é errado, porém devemos fazer isso de maneira intuitiva, até por que as mesmas palavras que estou buscando e encontrando, o meu concorrente também tem acesso.

Outro ponto negativo do GKP é sua limitação quanto à entrega de novas ideias de palavras-chave.

Veja um exemplo:

No que você pensa ao ouvir a palavra “futebol”?

Sendo fã ou não dessa modalidade esportiva, tenho certeza que você pensou em algo do tipo:

  • Neymar;
  • Liga dos campeões;
  • Cristiano Ronaldo;
  • 7X1 (Eu não ia mencionar, rs).

Mas quando você digita a palavra “futebol” no GKP, você encontra:

print palavras-chave

Ou seja, nenhuma dessas palavras que você pensou está aparecendo na busca do GKP.

Em outras palavras, o GKP apenas mostra palavras-chave que estão intimamente ligadas à palavra-chave que você forneceu.

Não é de se admirar que muitas palavras-chave sejam quase impossíveis de classificar, afinal, todos os seus concorrentes estão tendo acesso as mesmas palavras que você.

Isso não quer dizer que você deva tentar ranquear para a palavra Neymar, Cristiano Ronaldo ou até para o famoso 7×1. Você pode e deve sim utilizar o GKP, mas de forma estratégica, por isso, continue a leitura que em uma próxima seção eu irei explicar como você pode fazer isso no GKP.

Mas antes, vamos focar nos tópicos de nicho!

Como encontrar rapidamente tópicos de nicho

Você deve estar se perguntando:

“O que é um tópico de nicho, exatamente?”

Basicamente é um tópico que seu público-alvo tem interesse. Em outras palavras, esta não é uma palavra-chave específica. É um tópico amplo.

Vamos ao exemplo:

Digamos que você possua uma empresa que vende bolas de futebol. Como vimos anteriormente, o GKP é inútil no que tange a busca por palavras relacionadas.

Portanto, infelizmente, essas palavras-chave podem ser realmente difíceis de encontrar.

Tópicos de nicho se tornam interessantes pelo simples fato de ser algo que seus clientes se preocupam e buscam encontrar algo relacionado.

Por exemplo, alguém interessado em comprar uma bola de futebol, provavelmente pode procurar por:

  • Como chutar melhor;
  • Como aumentar a resistência física;
  • Como defender melhor;
  • O que fazer para não cansar tão rápido.

Interessante né? Cada uma dessas pesquisas faz parte de um tópico exclusivo – mas estreitamente relacionado.

Agora vem a pergunta que não quer calar: “Como encontrar esses tópicos de nicho?”

É o assunto do nosso próximo tópico:

Fóruns

Os fóruns são como ter grupos focados ao vivo ao seu alcance 24 horas por dia, 7 dias por semana.

A maneira mais fácil de encontrar fóruns onde o seu público-alvo se encontra é utilizar esse pequeno macete na caixa de busca do Google:

  • “Palavra-chave forum”;
  • “Palavra-chave” + “forum”
  • “Palavra-chave” + “foruns”

print dos footprints

Depois que você encontrar um fórum, observe como o mesmo é dividido em seções. Cada uma dessas seções na maioria das vezes é um tópico de nicho.

print forum

Uma vez que você encontrou tópicos que fazem sentido para o seu nicho de mercado, anote-os e guarde consigo para posterior validação.

Índice do Wikipedia

A Wikipedia é uma verdadeira mina de ouro para encontrar tópicos de nichos, muitas vezes negligenciada.

Veja como usar a Wikipedia para encontrar tópicos de nicho:

#01 – Primeiro, vá até a Wikipedia e digite uma ampla palavra-chave:

pesquisa de palavras chave no wikipedia

#02 – Em seguida, procure a seção índice:

indice do wikipedia

Veja que algumas dessas seções se tornam excelentes tópicos de nicho, onde você sequer imaginou que existiriam para essa palavra-chave.

Você também pode clicar em alguns links internos na página para verificar o índice de outras entradas estreitamente relacionadas.

Nesse nosso exemplo, encontramos alguns tópicos de nicho interessantes:

  • Finalidade das marcações do campo de jogo;
  • Futebol de salão;
  • Jogos de mesa e outros;
  • Futebol paraolímpico.

Bem simples né?

Cabeça, corpo e cauda

Agora que você identificou um grande grupo de tópicos de nicho, é hora de encontrar algumas palavras-chave.

A maioria das pessoas que trabalham com SEO divide palavras-chave em três categorias principais: cabeça, corpo e cauda (longa).

Palavras chave de cabeça

Estas geralmente são formadas por uma única palavra a qual possui quantidade insana de volume de pesquisa e concorrência muito alta no mercado. Um exemplo seria o termo “HTML”, a pessoa pode está pesquisando pela definição, em busca de um curso especifico ou algo do tipo. Assim podemos concluir que esses tipos de palavras chave não convertem bem devido ao tamanho da sua amplitude.

Palavras chave de corpo

Palavras chave de corpo são na maioria das vezes 2-3 palavras que formam um volume de busca decente ( Pelo menos 2.000 pesquisas por mês ), mas geralmente são mais especificas do que as palavras chave de cabeça. Palavras como ” Curso de HTML e CSS ” ou ” Curso de CSS ” são exemplos de palavras de corpo.

Estas palavras quase sempre possuem menor concorrência do que as palavras chave de cabeça, porém ainda sim podem se tornar muito competitivas.

Palavras chave de Cauda Longa

Palavras chave de cauda longa são geralmente frases formadas por 4 ou + palavras que geralmente são muito especificas. Frases como ” Como criar meu negócio online de sucesso ” ou ” formula negócio online revelado ” são exemplos de palavras de cauda longa.

Mesmo que elas não recebam uma grande quantidade de volume de pesquisas individualmente, quando adicionadas juntas compõem a maioria das buscas online.

Eu recomendo você concentrar seu esforço nas palavras-chave de corpo e de cauda longa.

Por quê?

Como você acabou de ler, as palavras de cabeça são super competitiva e não convertem bem. Então, não vale a pena perder seu precioso tempo nelas.

Em minha opinião, as palavras-chave do corpo atingem o ponto ideal de volume de busca, a intenção do comprador e a concorrência. E quando você otimiza páginas para essas palavras, automaticamente você classificará para palavras de cauda longa também.

O grande problema com palavras-chave de cauda longa

Lembre-se que cada palavra chave de cauda longa pode ter apenas de 100 a 1.000 pesquisas mensais, o que significa dizer que se você quiser um alto tráfego em cima dessas palavras, terá que possuir muitos artigos otimizados para as mesmas, o que não é o ideal.

Isso não quer dizer que você não deve utilizar palavras de cauda longa em suas estratégias (na verdade, separei uma seção nesse guia para te ajudar a encontrá-las). Porém, não caia na armadilha de criar centenas de páginas apenas para classificar para palavras de cauda longa.

Dito isso, encerramos essa primeira seção. Vamos nos focar agora no trabalho estratégico com o GKP.

Como tirar o máximo de proveito do GKP do Google

Não tem como fugir disso, ou seja, sem dados objetivos, a pesquisa de palavras-chave é um tiro no escuro.

utilizando o GKP

Felizmente, temos uma ótima ferramenta no mercado que nos diz quase tudo que precisamos para tomar decisões convictas.

Tenha em mente que a ferramenta foi projetada para os anunciantes do Adwords. Portanto, há uma série de recursos na mesma que não serão úteis para você.

Para utilizar o GKP, você precisará ter uma conta do Google Adwords. Se você ainda não possui, você pode configurar uma de forma bem simples:

criar conta no adwords

OBS: O GKP sofreu algumas atualizações e com isso limitou algumas funcionalidades, por isso recomendo fortemente ler o artigo abaixo para continuar utilizando o GKP em sua totalidade:

>>24 Alternativas Para Substituir o Planejador de Palavras-Chave do Google<<

Em seguida, logue na sua conta e clique em ferramentas e posteriormente escolha “Planejador de palavras-chave”:

planejador de palavras-chave do google

Temos de inicio alguns itens na página. Todos servem ao mesmo propósito, nesse caso você deve focar seus esforços nos seguintes itens:

  • Procurar novas palavras-chave usando uma frase, um website ou uma categoria;
  • Exibir tendências e dados de volume de pesquisas;
  • Multiplicar listas de palavras-chave para receber novas palavras-chave

pesquisa de palavras-chave no GKP

Focaremos nesses três itens a partir de agora.

#01 – Procurar novas palavras-chave usando uma frase, um website ou uma categoria

Esse item de pesquisa é um dos mais utilizados na ferramenta. Portanto, é ideal para encontrar novas palavras-chave.

Ao clicar nessa opção surge na tela um conjunto de opções que para os iniciantes pode se tornar um pouco confuso. Como diria Jack Estripador: “Vamos por partes“.

pesquisar palavras-chave de sucesso

Ao dividir essa seção de pesquisa, temos:

pesquisando palavras-chave para o meu negócio

Essa é uma opção muito importante. O valor que você obtém do planejador é em grande parte baseado nas informações que você inseriu aqui.

Veja como tirar o máximo de proveito:

Seu produto ou serviço: eu recomendo inserir 1-3 palavras-chave aqui, cada uma em um nicho de mercado um pouco diferente. Por exemplo, se você trabalhar no nicho de marketing digital, você pode pesquisar por termos ligados aos “melhores cursos de SEO da atualidade” ou “melhores fontes de tráfego“.

Sua página de destino: essa funcionalidade serve muito bem para os anunciantes. Mas às vezes você pode encontrar algumas palavras-chave interessantes por aqui, basta apenas informar o link da sua página inicial ou o link de algum artigo de sua autoria.

Categoria do seu produto: isso permite acessar o banco de dados interno de palavras-chave do Google para diferentes indústrias. Às vezes, você pode encontrar palavras-chave aqui que provavelmente você não encontraria nos itens anteriores.

Depois de inserir essas informações em uma ou nas três opções listadas, é hora de escolher as opções de segmentação:

sementação GKP

A segmentação se resume ao país, idioma e o mecanismo de pesquisa que você está utilizando.

Essas opções são definidas automaticamente para segmentar pessoas que falam português do Brasil. Se esse é o seu público-alvo (na maioria das vezes, será), você pode deixar essas opções como estão.

Ah Wilker, e essas palavras-chave negativas?

As palavras-chave negativas são palavras que você não quer anunciar. Este é outro recurso que aplica somente ao Adwords.

Depois de terminar, clique em “obter ideias” e você verá a página de resultados das palavras-chave. Vou mostrar como usar essa parte daqui a pouco. Portanto, continue a leitura.

#02 – Exibir tendências e dados de volume de pesquisas

como encontrar palavras-chave eficientes e poderosas

Este recurso é útil se você já possui uma longa lista de palavras-chave e deseja verificar o volume de pesquisa. Em outras palavras, esse recurso não te ajudará a gerar novas ideias de palavras-chave.

Ao informar a lista de palavras-chave, clique em “Exibir volume de pesquisa” para ver quantas pessoas pesquisa por essas palavras que você informou.

#03 – Multiplicar listas de palavras-chave para receber novas palavras-chave

mulitiplicar palavras-chave

Esse recurso é útil para pesquisa de palavras-chave de loja virtual, pois ajuda você a identificar quase todas as combinações possíveis que as pessoas usam para procurar seus produtos.

Dentre os três recursos listados até aqui, o único que de fato vai ser interessante para o trabalho de Keyword Research, é o item 01.

Pois como veremos a partir de agora, os três itens levam para uma página de resultados, porém, o único item que de fato agrega valor para a nossa pesquisa e listagem de dados é o item 01.

Usando a página de resultados de forma estratégica

Todos os itens que mostrei anteriormente te encaminham para uma página parecida com essa:

campanha GKP

Ganha destaque nessa tela os seguintes campos:

  • Ideias de grupos de anúncios;
  • Ideias de palavras-chave.

ideias de palavras-chave

A maioria das pessoas vai falar pra você clicar imediatamente no menu ideias de palavras chave e ignorar as ideias de grupo de anúncios. Este é um erro enorme. É justamente nesse espaço que se encontra muitas palavras-chave de valor para seu mercado.

Analise e tome nota dessas palavras que aparecem na primeira aba e posteriormente jogue-as novamente no GKP e verá que realmente são palavras-chave de potencial muito grande.

PS: Muitas pessoas não sabem disso.

Como saber quais palavras-chave escolher ?

Existem dezenas de fatores a considerar, mas eu prefiro avaliar as palavras com base em 3 critérios:

Volume de pesquisa: Muito simples, quanto maior, melhor.

Intenção comercial: Determinar o potencial de monetização de uma palavra-chave é mais uma arte do que ciência. Em geral, quanto maior a concorrência e lance sugerido, mais fácil será para converter esse tráfego em clientes. (Eu criei uma seção única e exclusiva para falar somente sobre isso, continue a leitura)

Competição SEO Orgânico: Aqui você irá analisar seus concorrentes, a fim de ver suas fraquezas quanto ao SEO on-page e off-page e angariar posições orgânicas em cima disso.

Dito isso, veja como encontrar palavras de cauda longa eficientes para o seu nicho de mercado:

Como encontrar long tail keywords eficientes

Já falei aqui que palavras de cauda longa ou long tails, são palavras que juntas formam a maioria das buscas online atualmente. Porém, também falei que a maior falha do GKP é fornecer as exatas mesmas palavras chave para todos que usa-lo ( incluindo seus concorrentes ).

Como podemos contornar esse problema?

Simples, deixe o GKP de lado e vá em busca do tesouro perdido no que diz respeito à Keyword Research eficiente. Comece a utilizar estratégias pouco conhecidas para se achar palavras-chave relevantes para seu negócio.

Pesquisas relacionadas

Você já notou que quando você vai até o final dos resultados de pesquisa do Google, existe uma seção chamada ” Pesquisa relacionadas a… ” ?

Bem, esta é uma mina de ouro para palavras chave de cauda longa.

relacionadas

Dica Ninja:  Pegue uma palavra que você tenha encontrado nas pesquisas relacionadas e coloque no Google para ver quais palavras aparecem no final da página para aquela mesma palavra, assim comece a anotar palavra chave que muitas vezes não são mostradas no GKP.

Outra forma bastante eficiente de se achar palavras chave de qualidade é em fóruns. Nesses lugares você encontrará pessoas fazendo perguntas que muitas vezes eles mesmos colocam no Google, a fim de encontrar uma resposta.

Está gostando do artigo? Então deixe seu email abaixo e receba mais dicas exclusivas de SEO e de como conseguir mais tráfego para seu projeto ( É grátis ).

Utilize o Soovle.com para encontrar palavras-chave long tail

Soovle.com é uma ferramenta fácil de usar e gratuita que mostra os resultados de sugestões de palavras-chave da Amazon, Wikipedia, Ask.com, Google Suggest e Youtube, tudo de uma vez.

soovle

Digite uma palavra-chave qualquer nessa ferramenta e observe as palavras que são geradas:

print soovle palavras-chave

Você pode ainda baixar os resultados em um arquivo CSV. Esta é uma ótima ferramenta por que mostra ideias de palavras-chave que a sua concorrência provavelmente negligencia.

Google Search Console

Às vezes, a melhor palavra-chave é uma que você já classificou. O que isso quer dizer?

Se você é assim como eu, você já deve ter alguns artigos localizados nas primeiras páginas do Google.

Às vezes, você encontrará algumas palavras-chave que você não otimizou, porém, mesmo assim, está classificando para as mesmas. (Eu mostro um exemplo disso no meu guia completo de SEO para Youtube)

E quando você der a devida atenção e otimização para essas palavras, geralmente você consegue atingir a primeira página e posições do Google em questão de semanas.

Para encontrar essas palavras basta apenas se direcionar para o Google Search Console e seguir os passos a seguir:

#01 – Primeiro, logue na sua conta do Search Console e clique em tráfego de pesquisa e logo após em Search Analytics.

#02 – A parte superior do gráfico mostra as palavras-chave na qual você está na primeira página:

dados do search console

Esta é uma boa estimativa, mas não vai ajudá-lo a identificar palavras-chave nas quais você está posicionado na 2ª ou 3ª página.

#03 – Para encontrar essas palavras-chave de 2ª e 3ª página, reordene a classificação por “posição”:

print GWT

#04 – Em seguida, defina o número de linhas para “500”:

print gwt 2

#05 – Continue deslizando para baixo até começar a ver as posições 10-15:

print gwt 3

#06 – Então, dê uma olhada nas palavras-chave que estão classificando nessas posições.

#07 – Coloque essas palavras-chave promissoras no planejador de palavras-chave do Google para verificar o volume de pesquisa.

Se você encontrar uma palavra que faz sentido para o seu site e que tenha um volume de pesquisa decente, identifique a página do seu site que está otimizada para aquela palavra e faça um trabalho de otimização para angariar posições para o seu conteúdo.

Para identificar o artigo em questão, basta clicar na palavra-chave que você determinou no Search Console e logo após clicar em páginas:

print gwt 4

Feito isso, você já pode partir para o trabalho de otimização e esperar os resultados aparecerem.

Google Trends como arma de pesquisa

Através do Google Trends podemos medir o grau  de popularidade de uma palavra ao longo do tempo.

Dica Ninja: Digite uma das suas palavras chave e desça até ” Pesquisas Relacionadas “, algumas dessas palavras são palavras potencialmente lucrativas que o GKP não irá lhe mostrar.

relacionadas-trends

Google Correlate

O Google correlate é uma ferramenta pouco conhecida que mostra palavras-chave que tendem a se correlacionar entre si.

A sua função é apresentar essas palavras-chave “correlacionadas”.

#01 – Seu primeiro passo é ir para a ferramenta: >>Clique Aqui<<

print google correlate

#02 – Selecione o país Brasil no lado esquerdo no campo “Country”

#03 – Digite uma palavra-chave no campo de pesquisa e clique em “Search Correlations”:

pesquisa com google correlations

As palavras correlacionadas aparecerão com um número a sua esquerda. Esse número serve para medir o nível de correlação. Ou seja, quanto mais próximo de 1, maior é a chance de essa palavra aparecer em uma possível busca com a palavra que você informou.

Para mostrar mais palavras basta apenas clicar no botão “Show More”.

Bom, agora que você tem uma lista de palavras long tail, é hora de escolher as melhores para poder se aprofundar.

Como fazer isso?

Basicamente analisando a sua intenção comercial, ou seja, o poder que ela possui no processo de conversão. Veremos isso a partir de agora!

Como determinar a intenção comercial de uma palavra chave

No mundo do SEO, os especialistas concordam que quando se trata de escolher as palavras chave, a intenção comercial é um fator mais importante do que o volume de pesquisa.

Mas como determinar essa intenção comercial?

E o que vamos descobrir agora…

Quando se trata de intenção comercial, eu costumo classificar  as palavras chave em 4 categorias:

01 – Palavras chave de compra

Estas são palavras que as pessoas usam minutos antes de fazer uma compra. Pessoas à procura de palavras chave de compra podem literalmente está com seu cartão de crédito em mãos.

Aqui exemplos de palavras chave de compra:

  • Comprar;
  • Cupom;
  • Desconto;
  • Acordo;
  • Expedição

Como você poderia esperar, essas palavras convertem como louco, elas podem não obter um grande volume de pesquisa, mas sua taxa de conversão é muito alta.

02 – Palavras chave de produto

Palavras chave de produto são as pesquisas que se concentram em uma determinada categoria de produto, marca ou serviço. Pessoas à procura de palavras chave de produto tendem a comprar mais cedo do que as pessoas que utilizam as palavras chaves de compra.

Exemplos:

  • Revisão;
  • O melhor;
  • Top 10;
  • Marca especifica ( nike, toshiba);
  • Produto especifico ( mackbook, sansumg, formula negocio online );
  • Categoria de produto ( hospedagem wordpress, tenis );
  • Barato;
  • Acessível;
  • Comparação

Palavras como barato e acessível, não se engane, converte muito bem, a pessoa já está decidida a comprar, porém busca um preço mais acessível a sua condição financeira.

03 – Palavras chave informativas

A grande maioria das palavras chave online são informativas. Como você pode imaginar, as pessoas que procuram a informação não tendem a comprar naquele momento, mas sim futuramente.

Dito isto, você não pode ignorar as palavras chave informativas, por que elas formam uma grande parte das palavras que existem em seu nicho.

Exemplo:

  • Como;
  • A melhor maneira de;
  • Formas de;
  • Preciso

A melhor maneira de encontrar palavras chave informativas é avaliar o alto volume de pesquisa e a baixa concorrência.

04 – Palavras chave de baixa conversão

Palavras chave desse tipo convertem pouco ou quase nada.

Exemplo:

  • Livre;
  • Torrent;
  • Baixar;
  • De graça

Obtendo informações objetivas sobre intenção comercial

Logo abaixo apresento duas técnicas rápidas para obter informações objetivas sobre o quanto é valioso o tráfego proveniente de uma palavra chave.

Adwords lance sugerido

Adwords lance sugerido costumava ser conhecido como média CPC. Eles silenciosamente mudaram o termo, mas manteve os valores em dólares exatamente como está atualmente.

google23

Independentemente disso, o lance sugerido é uma das poucas métricas que realmente é considerada quando o assunto é intenção comercial de palavras chave. Se um anunciante está pagando 5 doláres por clique, logo você saberá que aquele tráfego é extremamente valioso.

Com isso, se conseguir classificar tal palavra chave no google, logo não terá problenas para converter esse tráfego em cadastros de email, comissões  de afiliados e clientes pagantes.

Como eu disse, as quatro categorias de palavras chave são um conjunto útil de orientações, mas não há nada melhor do que ver o que o mercado está disposto a pagar por cliques. Na minha experiência, o lance sugerido é o único indicador mais preciso quando o assunto é intenção comercial.

Concorrência do Adwords

Esta é sem dúvida outra métrica importantíssima, aqui se mede a concorrência das palavras, que podem ser baixa, média ou alta. Quanto maior a concorrência, maior é a intenção comercial de compra.

Análise da Concorrência

Então você encontrou uma palavra chave popular, com forte intenção comercial. Good, ótimo trabalho!

Mas e agora o que fazer?

Bom, iremos verificar a concorrência para essa palavra diretamente na primeira página do nosso amiguinho Google.

Se você chegou à primeira página e já se deparou com uma página repleta de autoridade e que você mesmo acha que não é capaz de ser melhor do que aquela página, sugiro então que pule logo para a próxima palavra da sua lista.

Mas se você tiver um pouco de calma e paciência para avaliar aquela página, você pode geralmente encontrar falhas que podem facilitar seu ranqueamento.

Isso significa que você precisa de menos conteúdo e links para conseguir seu lugar na primeira página do Google.

Primeiro passo para analisarmos a concorrência a fundo é justamente utilizar ferramentas apropriadas para isso.

Nesse primeiro momento utilizaremos duas:

SEOQUAKE e MOZBAR

Essas duas ferramentas podem ser instaladas no seu navegador de forma totalmente grátis.

navegador

Pagerank Autoridade

Existe um velho ditado que diz ” O Google não classifica sites, ele classifica páginas… “

Embora a autoridade de domínio de um site e a presença de marca desempenham um papel importante, o fator nº 1 na capacidade de uma página para sua classificação no Google é a autoridade dessa página.

As duas melhores medidas de autoridade de uma página são o pagerank e autoridade da MOZ.

Para verificar o Pagerank  de um site, basta olhar para a medição ” PR ”  do SEOQUAKE:

navegador1

( Por causa da barra de ferramentas o PR não é atualizado com frequência, as páginas mais recentes podem não mostrar qualquer tipo de PR, mesmo que tenham toneladas de autoridade ).

Autoridade da página é um bom complemento para o PR. Isso por que é atualizado mensalmente, e no caso se torna uma informação mais fresca do que o PR.

Você pode analisar a autoridade da página, olhando para o número ” PA ” na MOZBAR:

navegador2

Autoridade do domínio e presença da marca

Eu não preciso nem falar que o Google adora páginas do ranking dos principais sites de autoridade como a Wikipédia, Amazon e Cnn.

Enquanto um monte de páginas destes sites estão classificados pela autoridade da página, muitos poucos batem de frente devido justamente a grande autoridade de domínio que eles carregam.

Isso significa que quando você estiver avaliando seu concorrente, você deve também dar uma olhada não só na autoridade das páginas, mas também na autoridade do domínio.

O MOZBAR exibe a autoridade do domínio no SERP:

navegador3

Resumindo: Os resultados com alto PA  e DA são super competitivos.

Como é de praxe, gostaríamos sempre de ver os 10 melhores resultados com baixa PA e DA, não é mesmo? Com certeza seria muito mais fácil rankear para essas palavras.

Perfil dos links

Se você já é uma pessoa experiente no mundo do SEO, você com certeza saberá que as métricas dos links podem ser muito enganosas.

Sites com perfis de links com SPAM podem apresentar alto DA e PA – mas como eles estão usando links de SPAM, eles não vão ficar na primeira página no longo prazo.

Se houver uma palavra-chave que aparenta ser competitiva e você tem uma forte sensação de que existe SEO Black Hat nos primeiros resultados, investigue o perfil dos links desses sites.

Para fazer essa verificação basta seguir os passos abaixo:

#01 – Primeiro, copie a URL de um dos top 10;

#02 – Cole essa URL no Ahrefs;

#03 – Clique em backlinks na barra lateral, isso exibirá todos os links externos apontando para essa página.

#04 – Finalmente, olhe para os 10-25 top links em seu perfil

Fazendo isso, em questão de segundos você poderá verificar se essa página usa ou não black hat.

On-page SEO

Você já sabe que on-page SEO pode fazer ou quebrar a capacidade de classificação de um site.

É por isso que você deve prestar atenção ao SEO on-page de seus concorrentes, principalmente aqueles que estão no top 10 para a palavra que você quer ranquear.

A primeira coisa a se fazer é verificar as tags de títulos da página. Este é o link azul exibido nos resultados de pesquisa do Google:

seo on-page

Os dois resultados acima são exemplos de tags de título bem otimizados (neste caso, procurei por como ganhar dinheiro na internet).

Eles usaram a palavra-chave exata em seu título e isso é regra básica para uma boa otimização on-page.

Para aprofundar, clique em um dos resultados. Em seguida, clique no ícone “Análise da página” no Mozbar:

print mozbar

Feito isso, você conseguirá observar os atributos básicos dessa página.

Se a palavra-chave estiver incluída em uma etiqueta H1 / H2 e na URL, considere a página bem otimizada.

Por outro lado, se uma página tem SEO preguiçoso, pode ser fácil ultrapassa-la no ranking… mesmo que tenha certa autoridade.

Resultados fáceis de derrubar

Quando você visualizar um ou mais resultados que estejam vinculados aos sites listados abaixo, comemore, pois você acabou de encontrar uma palavra-chave de baixa concorrência.

Lista de sites:

  • Páginas com DA e PA < 10;
  • Yahoo respostas;
  • WordPress.com;
  • Blogspot ou outro blog gratuito;

Qualidade do conteúdo

Com toda essa conversa de SEO on-page, backlinks, black hat, é fácil esquecer que a qualidade do conteúdo é de extrema importância para se manter no topo ou chegar até lá.

Em outras palavras, se quiser classificar uma palavra-chave competitiva, esteja preparado para combinar (ou superar) a qualidade dos 10 melhores resultados encontrados.

Para te ajudar nessa tarefa eu compartilho um estudo de caso aqui mesmo do blog, onde apliquei a técnica do arranha-céu para poder me diferenciar da concorrência em termos de qualidade de conteúdo.

>>Clique Aqui Para Ler o Artigo<<

Finalizando…

Espero que esse artigo tenha lhe ajudado no que diz respeito à pesquisa de palavras-chave eficiente. Tentei passar o máximo de informações que tenho aprendido durante todo o meu tempo de estudo no SEO.

Alguns macetes vistos aqui você não vai encontrar com tanta facilidade de forma gratuita na internet. O que eu sei sobre SEO e principalmente sobre técnicas de otimização eu aprendi com esse cara, ele manja muito sobre tudo isso que a gente falou até aqui.

No link abaixo você encontrará um artigo completo com mais de 20 ferramentas de pesquisa de palavras-chave que podem ser de grande valia para suas estratégias de otimização.

>>Clique Aqui Para Acessar o Artigo<<

Caso você esteja em busca de algum nicho de mercado lucrativo e pouco explorado, eu tenho atualmente um guia completo com mais de 300 indicações de nichos altamente lucrativos e inexplorados.

>>CLIQUE AQUI PARA CONHECER O GUIA<<

  • Olá Wilker!
    Não tive outra alternativa a não ser deixar meu agradecimento por esse verdadeiro “manual” de como encontrar ideias de palavra-chave para a criação dos artigos em nossos blogs.
    Há muitos cursos pagos que não ensinam tão bem como você ensinou nesse seu conteúdo.
    Muito obrigado mesmo.
    Um grande abraço pra você.

    – Tiago Simões

  • Wilker, fiquei com dúvida sobre essa parte do texto, pode me explicar? “PS: Lembre-se que cada palavra chave de cauda longa pode ter apenas de 100 a 1.000 pesquisas mensais, o que significa dizer que se você quiser um alto tráfego em cima dessas palavras, terá que possuir muitos artigos otimizados para essas palavras, o que não é o ideal.”
    VALEU!!!!