Como Contratar um Redator Freelancer e Alavancar o Seu Blog Exponencialmente

Você já parou para pensar que blogar é um processo extremamente simples? Basta apenas escolher um tema, criar alguns tópicos, escrever sobre eles e publicar seu conteúdo?

O problema é que quando estamos iniciando não temos ainda a prática e a desenvoltura necessária para criar bons artigos e atrair a atenção dos leitores. Isso dificulta bastante o processo.

Porém, com a prática vem a perfeição…

…Quando finalmente conseguimos nos adaptar e criar bons conteúdos, surge outro problema.

Dessa vez o problema de não termos tempo suficiente para criar mais e mais conteúdo para o nosso blog.

Nessa fase você já tem um conteúdo bacana, conseguiu gerar uma identidade com seu público e o mesmo anseia por mais conteúdos.

O problema é o tempo!

Como blogueiro profissional, posso afirmar para você que criar um artigo às vezes leva horas, dias e até semanas para poder ser confeccionado (apesar de existir técnicas para melhorar isso). Tudo isso para levar o máximo de informações e qualidade possível.

Dito isso, é interessante afirmar que se você deseja escalar o seu negócio como um todo, você precisa terceirizar algumas tarefas importantes do mesmo. E uma delas é justamente a parte de alimentação do seu blog.

Contratar um redator freelancer não é uma tarefa simples. Afinal, você deseja encontrar alguém tão bom quanto você no que tange a escrita e qualidade dos artigos.

Portanto, no artigo de hoje pretendo apresentar alguns pontos que devem ser seguidos na hora de contratar um redator freelancer.

contratar redator freelancer

São dicas que se você seguir corretamente é certeza encontrar alguém tão bom quanto você no que tange a criação de conteúdo.

Quando é necessário contratar um redator freelancer?

É normal no inicio querermos tomar conta de todo o processo de construção de conteúdo em nossos projetos.

Porém, com o tempo a demanda cresce e você fica sobrecarregado com a quantidade de materiais que você deve produzir. Afinal, um blog necessita além de bons artigos, e-books, checklists, infográficos, vídeos e etc.

Quando você perceber que existe a necessidade de investir em marketing de conteúdo e consequentemente contratação de um redator freelancer, finalmente é hora de você sentar e analisar o mercado na busca por esse profissional.

Lembre-se, o redator vai agregar qualidade a seu projeto, e como ele estará responsável pela alimentação do blog, agora você poderá focar em outras partes importantes do negócio. Acredito que essa é a maior vantagem em terceirizar serviços.

O que preciso avaliar antes de contratar um redator freelancer?

Existem várias pessoas que escrevem muito bem e estão disponíveis no mercado por valores que variam de R$ 15,00 a R$ 150,00, e a qualidade vai de mediana a excelente.

O grande problema é confiar nos artigos dessas pessoas. Tipo, analisar se o artigo não é plágio, se o redator entrega os pedidos no prazo, sua reputação e por ai vai. É preciso ter bastante cautela nessa questão.

Eu mesmo já trabalhei com diversos redatores, alguns ótimos, outros nem tanto. Porém, nos dias atuais eu entrego todos os meus trabalhos nas mãos de uma única pessoa, e esta vem fazendo um bom trabalho quando solicitada.

Eu sei que você deve estar curioso agora, rs. Portanto, vou revelar quem é esta pessoa e até indicar seus serviços para que você também tenha essa qualidade em mãos.

Estou falando do César Ribeiro do site Redatoronline.com. O César é um excelente profissional e junto da sua equipe tem feito um trabalho belíssimo no mercado.

Portanto, fica a minha indicação caso queira um profissional de qualidade e reconhecido por alguém que entende do assunto.

No artigo abaixo você encontra um artigo criado pelo César e disponibilizado aqui no blog.

>> Como Gerar Leads Para o Seu Negócio Digital ? – O Guia Essencial Para Empreendedores Digitais <<

Se o seu desejo é escalar o seu negócio, atacar outros nichos de mercado, construir vários blogs ou até mesmo aumentar o rendimento de apenas um, considere contratar um redator freelancer agora mesmo.

Lembre-se, o dinheiro que irá gastar não pode ser considerado um gasto, mas na verdade, um ótimo investimento a médio e longo prazo.

Para te ajudar a fazer a melhor escolha, resolvi elencar alguns pontos que merecem destaque na hora de contratar um redator, veja:

#01 – Fale sobre seu projeto e explique o que você deseja

Na primeira abordagem ao escritor, fale sobre seu projeto e sobre o que deseja para o mesmo.

É importante você mostrar para o redator a forma que você utiliza para se comunicar com o seu público.

Você costuma ser introvertido, sério e formal, sarcástico, otimista ou algo do tipo?

Geralmente mantemos um padrão de comunicação com nossa audiência. É importante você passar isso para o redator também, para que ele dê continuidade na hora de escrever o artigo.

Se o redator entender esses pontos, então é um ponto a favor para sua contratação.

Manter a identidade do blog é muito importante. Lembre-se disso!

#02 – Apresente seus objetivos e metas

É importante você deixar claro para o redator os seus objetivos com os artigos que o mesmo irá criar.

Se você pretende adquirir textos para cativar seu público, vender ou aumentar a conversão em leads deixe claro isso para o redator. Assim, ele irá planejar o artigo conforme seus objetivos.

Outro ponto importante é você informar para o escritor a palavra-chave que deseja atacar, quantidade de palavras, se vai ter imagens ou não  etc.

Se ele não fizer a mínima ideia do que se trata esses termos técnicos, talvez então seja melhor você partir para outro redator.

#03 – Conhecimento em SEO e Marketing de Conteúdo

Você precisa de um redator que além de escrever bem, saiba os preceitos básicos de otimização de artigos e aplicabilidade do marketing de conteúdo.

Quando o redator possui esses conhecimentos, o processo de alcance dos objetivos fica muito mais fácil.

marketing e seo

#04 – Portfólio e experiências

Esse item é um dos mais importantes dentro do escopo de escolha de um redator freelancer.

Você precisa solicitar do redator suas últimas experiências no nicho que você deseja que ele escreva.

Por exemplo, seu blog é sobre programação web, porém, o escritor só possui experiência comprovada para textos relacionados ao nicho de emagrecimento.

Nesse caso, eu aconselho que você parta para outro redator. Afinal, se ele não tem experiência no seu nicho, provavelmente os textos não sairão tão bons.

Sempre solicite um portfólio!

#05 – Faça um test drive

Converse com o redator e veja a possibilidade de fazer um teste drive com o mesmo.

Como assim Wilker?

Simples, peça que o mesmo lhe envie um texto de teste para você analisar sua qualidade.

Isso fará com que o escritor se preocupe ainda mais com a qualidade e contribua para que você fortaleça a ideia de contrata-lo.

#06 – Formas e condições de pagamento

Questões de preço e pagamento devem ser incluídas no processo de escolha do melhor redator freelancer.

Veja com eles como se dará a forma de pagamento, condições e prazos.

Você pode perguntar, por exemplo, algo do tipo:

  • O pagamento pode ser feito via cartão de crédito?
  • Tenho que pagar todo o valor de uma vez?
  • Emite nota fiscal?

São perguntas simples, porém, importantes para você não ter dores de cabeça depois.

O César, por exemplo, disponibiliza três planos distintos para seus clientes. Cada um deles com suas especificidades e vantagens.

planos redator online-min

A forma de pagamento que ele disponibiliza é via cartão de crédito com parcelamento em até 12x (dependendo do pacote escolhido) e boleto bancário.

Clique Aqui Para Conhecer o Trabalho do César

Converse e entenda esses pontos antes de firmar compromisso com algum redator.

#07 – Prazos de produção

Outro item muito importante são os prazos.

Se você encontrou um excelente redator, com um ótimo portfólio e um preço bacana, provavelmente ele terá muitos trabalhos para entregar e pode ser que ele te deixe na mão em algum determinado momento.

Para isso, é importante você deixar bem claro essa questão de prazos. Fale para ele em quanto tempo você deseja receber o artigo e pergunte se ele tem condições de entregar nesse período.

#08 – Verificar o plágio

Depois que receber a primeira versão do artigo é muito importante você verificar a existência de plágio dentro do mesmo.

Para isso recomendo dois serviços:

  1. Plagium;
  2. Copyscape

#09 – Atenção na comunicação

Analise a forma como o redator se comunica com você. Ele é simpático? Introvertido e acima de tudo profissional? Você se sentiu a vontade com o mesmo nas tratativas do trabalho?

Esses detalhes fazem toda diferença na hora de firmar uma parceria em longo prazo.

#10 – Edite o quanto for necessário

Para finalizar, quero reforçar que você pode editar o conteúdo recebido quantas vezes quiser e achar necessário.

Nem sempre o redator vai acertar em tudo, e por ser questões simples você mesmo pode fazer a edição, evitando assim a perda de tempo em esperar a nova refação do escritor.

Conclusão

Pronto, depois de validado todos esses pontos o próximo passo é postar seu artigo e trazer tráfego para o mesmo.

No artigo abaixo eu apresento um checklist de 13 passos que você deve seguir logo após a postagem do seu artigo, confira:

>> Clique Aqui Para Ler o Artigo <<

Para finalizar este artigo quero perguntar se você já passou por essa experiência de contratar um redator freelancer. Se sim, qual sua opinião sobre isso?

Quero abrir espaço também para você que presta esse tipo de serviço e que quer conquistar mais clientes. Deixa seu comentário abaixo e aproveite para fazer novas parcerias.

No mais, um grande abraço e até a próxima!