07 Motivos de Sua Conversão por E-mail Está um Lixo e Como Limpar Essa Sujeira

Muitas pessoas falam: “O e-mail marketing não funciona mais, o e-mail marketing morreu e etc”, na verdade o que pode estar afetando a sua conversão por e-mail e facilitando essas afirmações, é justamente a sua conduta e a forma que você coloca em prática essa técnica.

Enquanto a sua conversão está um lixo, existem por ai na internet, pessoas que estão faturando alto com e-mail marketing e fazendo jus ao clichê de que o dinheiro está na lista.

Peço que fique calmo (a), pois durante todo esse artigo eu listarei as possíveis causas dessa conversão baixa, e mostrarei como você pode estar consertando isso.

conversao-por-e-mail

Por que devo me preocupar com e-mail marketing?

Possivelmente, você ainda esteja começando e nem tenha lista ainda. Ou talvez você já tenha começado a construir a sua e ainda está perdido. Ou, talvez você já tenha uma lista bem razoável e não esteja tendo conversões como gostaria. Nesses três casos o artigo vai cair como uma luva para você.

Preste atenção nesses fatos:

  • 92% dos usuários na internet tem ao menos 1 conta de e-mail.
  • 72% dos usuários checam a sua caixa de entrada de e-mails 6x ou mais todo dia.
  • Existem mais de 3.5 bilhões de contas de e-mails criadas.
  • A cada R$ 1 investido, R$ 44,25 é o retorno médio na estratégia de e-mail marketing.

Esses são apenas alguns dados que enfatizam a importância do e-mail marketing hoje em dia.

Portanto, não pense que o e-mail marketing morreu ou que não funciona mais, pelo contrário, Comece a se preocupar com isso e parta para a ação caso ainda não tenha começado a sua lista.

>>COMO CRIAR UMA LISTA DE E-MAIL EFICAZ – O GUIA ABSOLUTAMENTE COMPLETO<<

Por que devo me preocupar com a conversão?

Bom, se você deseja ganhar dinheiro e muitas vezes automatizar esse ganho, você precisa então abrir os olhos e a mente para o poder de conversão da sua estratégia de e-mail marketing.

>> [Estudo de caso] – Como Aumentei em Mais de 356% a Minha Lista de E-mail <<

Mas antes, você precisa definir qual o objetivo da sua estratégia, tipo: levar a pessoa que recebeu o e-mail a realizar uma compra? Assistir um vídeo? Baixar um aplicativo? Ou outra ação qualquer?

Definido o objetivo, é preciso mensurar as métricas e avaliar precisamente a conversão, e verificar se a mesma está fluindo como você gostaria ou se precisa ajustar alguma coisa.

Dito isso, vamos aos motivos que provavelmente estão impossibilitando o crescimento da sua conversão com e-mail marketing.

01 # – Leads Errados

Sim, isso é bem possível que esteja acontecendo com sua lista. Vou dar exemplo para você entender melhor:

Ex: Você possui um blog no nicho de massa muscular e divulga um produto como afiliado para homens que gostariam de definir o abdômen. O que acontece é que você está ranqueando no Google para palavras que apenas mulheres buscam, logo, a maior parte dos seus leads serão mulheres. Com certeza você não vai conseguir vender nada.

Como limpar essa sujeira?

O primeiro passo é saber exatamente quem é o público daquele produto que você está promovendo. O segundo passo é sempre focar a comunicação para esse público.

Mas Wilker, eu já tenho a minha lista pronta e tal, como saber o perfil dos meus leads?

Bom, você pode fazer uma pesquisa de perfil utilizando o Google forms e assim extrair os principais interesses dos seus assinantes, e assim conseguir segmentar a sua lista com uma exatidão muito maior.

02 # – Sua lista não te suporta mais

Esse é outro erro clássico de quem pratica e-mail marketing. Já aconteceu comigo e muitas vezes isso pode ser mortal para o seu projeto.

Como limpar essa sujeira?

O primeiro passo é parar de escrever e-mails. O segundo é escrever um e-mail falando sobre o erro e pedindo desculpas para sua lista e para quem te acompanha, além de prometer que os próximos que você vai enviar são com conteúdos incríveis que você vai produzir.

Cumpra a sua promessa e mantenha o número de envios normalizado para não estressar a lista novamente e perder assim a credibilidade do seu projeto.

No artigo abaixo eu mostro como evitar ser taxado de SPAM, confira:

>> Email SPAM: Como evitar que meu e-mail seja considerado SPAM? (12 dicas exclusivas) <<

03 # – Você não tem um blog

No artigo 08 passos para ter sucesso com o marketing de afiliados eu falo sobre a importância de ter um blog para conseguir alcançar o sucesso nesse mercado, E volto a frisar: Ter um blog é essencial para suas estratégias.

Ah wilker, eu não domino essa parte técnica e nem sei como começar os procedimentos de criar um blog.

Bom, isso só será problema se você não me procurar e conhecer as soluções que tenho para te oferecer, uma delas está inclusa nesse material!

Criar um blog não é obrigatório, porém, se você deseja se tornar um afiliado de sucesso, você precisa criar um blog para a sua audiência.

conversao-por-e-mail3

Bom, voltando ao erro, vamos pensar o seguinte: Quando a pessoa entra na sua lista, ela quer conteúdo, certo? Então, como você vai oferecer esse conteúdo?

É aqui que entra o blog. Tem gente que fala “Ah, mas tem o Facebook, Youtube e etc”, Sim, tem todos eles, mas nenhum é seu.

Como limpar essa sujeira?

Construa um blog em WordPress (Nesse curso de minha autoria você vai aprender isso), e produza conteúdos de qualidade e que faça a diferença na vida das pessoas.

Quando sua lista receber aquele novo artigo, certamente eles vão confiar ainda mais em você.

Veja bem: Confiança gera vendas e autoridade, quanto maior a confiança, maior será a quantidade de vendas. Sacou?

04 # – Ferramenta de e-mail marketing não presta

Talvez você esteja fazendo tudo certo, porém, o problema não é você, é a sua ferramenta de e-mail marketing.

Outro dia um colega entrou em contato comigo falando horrores de algumas ferramentas existentes no mercado, falando que a taxa de entrega era pífia e que os e-mails sempre caiam na caixa de spam.

Isso é um problema cada vez mais frequente para quem utiliza o e-mail marketing como base de um negócio sustentável.

Como limpar essa sujeira?

Bom, o primeiro passo é mudar ou escolher uma ferramenta de vergonha, ou seja, aquela que de fato irá cumprir os requisitos almejados por você.

Aqui se encontra um artigo de minha autoria com uma listagem das melhores ferramentas  de e-mail marketing da atualidade:

>> MELHORES SERVIÇOS DE E-MAIL MARKETING ATUALMENTE<<

Depois de escolhida a ferramenta é hora de testar e sempre verificar se a mesma está de fato entregando os e-mails para seus assinantes.

05 # – Utilizando uma comunicação errada

Ao contrário do que muita gente pensa, só ter uma lista não converte, é preciso saber se comunicar com seus assinantes. Se fosse assim tão fácil, qualquer pessoa com uma lista grande conseguiria resultados incríveis, e já sabemos que isso não é necessariamente o que acontece.

Sua lista tem um problema que precisa ser resolvido, e usar as palavras certas com ela faz toda a diferença na sua conversão.

Como limpar essa sujeira?

Aprender copywriting é o primeiro passo para uma comunicação estratégica e eficiente com a sua lista. Inclusive, se você não sabe o que é isso, eu tenho um artigo super completo sobre esse assunto:

>> COPYWRITING –  O SEGREDO QUE GERA MILHÕES DE REAIS <<

O ideal para que você possa começar é já saber que as pessoas querem saber de benefícios, não de produtos ou de comprar nada. Se você melhorar sua comunicação inserindo mais benefícios nela, já terá um salto bem legal nas suas conversões.

Outro ponto importante também é a elaboração de uma boa sequência de e-mails. Você deve conquistar a empatia das pessoas logo nos primeiros e-mails que enviar.

No artigo abaixo eu listo várias dicas de como montar um boa sequência de e-mail marketing e ofereço de brinde 06 modelos que você pode seguir, confira:

>> Como Elaborar Uma Sequência de E-mails que Vende + 06 Modelos de Brinde Para Usar no Seu Negócio <<

06 # – Você não tem autoridade suficiente

Eu sempre falo: você precisa gerar autoridade, gerar confiança no seu público. Sem autoridade ficará muito mais difícil vender e gerar negócios lucrativos para sua empresa.

autoridade-em-marketing-digitalQuando você constrói autoridade perante sua audiência, você pode vender bolo que elas compram.

Isso é o que mais vale em um negócio, o quanto as pessoas confiam e acreditam naquilo que você fala.

E esse pode ser um erro que você está cometendo. Talvez esteja muito focado em vender sem antes construir sua autoridade no mercado.

Como limpar essa sujeira?

Invista tempo na construção da autoridade. Criar um conteúdo diferenciado, ajudar as pessoas com sua expertise e gerar resultados com suas técnicas e posteriormente mostra-las para a sua audiência, contribuem absurdamente para o crescimento da sua autoridade no mercado.

Faça isso e veja como a autoridade pode e vai facilitar a sua vida como afiliado ou até mesmo como produtor.

07 # – Você não tem consistência

Muitas pessoas cometem esse erro (inclusive eu, rs). Não ter consistência é algo muito perigoso, e é por isso que você deve estar sempre produzindo conteúdo para sua audiência.

Lógico que isso dá um trabalho enorme, ainda mais quando focamos em criar um conteúdo épico e sensacional, porém, produzir conteúdo é umas das melhores formas de construir autoridade perante sua audiência.

Agora imagina você mandar durante um mês 15 e-mails de novos artigos, e no mês seguinte mandar apenas 1 e-mail? Não faz sentindo né?

Como limpar essa sujeira?

Produza conteúdo constantemente e mande esses conteúdos para sua lista. Isso aumentará a responsividade da sua lista por que vão estar sempre abrindo seus e-mails para ver os novos conteúdos, fora que você pode mesclar promoção de produtos sem problema nenhum.

Dica bônus: Segmente a sua lista

Não sei se você percebeu, mas aqui no blog nós possuímos 07 categorias, e para cada uma delas eu decidi criar uma lista especifica com uma isca digital especifica também. Ou seja, para cada categoria do blog eu resolvi segmentar por interesse a minha lista também.

Ex: Categoria “mais tráfego” terá uma lista especifica com as pessoas que estão interessadas em aprender mais sobre tráfego.

Assim, no final das contas, eu só envio e-mails que estejam condizentes com o assunto que o lead tem interesse em saber mais.

Da mesma forma são os produtos que eu divulgo, desse modo eu não canso a lista e ainda tenho em mãos a possibilidade de variar os produtos que divulgo como afiliado e como produtor.

Concluindo…

Errar não tem problema, o importante é saber como fazer da forma correta. Depois de aprender como fazer corretamente, o negócio e fazer sempre, até que isso se torne um hábito.

Para complementar, deixo aqui um checklist com 10 coisas que você não pode deixar de fazer no e-mail marketing do seu negócio/empresa:

>>E-MAIL MARKETING CHECKLIST – 10 COISAS QUE VOCÊ NÃO PODE DEIXAR DE FAZER<<

Espero ter ajudado, e espero seu comentário com um complemento, com seu case de conversão baixa ou alta. Ajude a comunidade com a sua experiência e aproveite para aumentar a sua autoridade no mercado. 🙂

Abraço e até a próxima!